Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

ABANDONO

Cansados de esperar pela prefeitura, moradores pavimentam rua em Belém

Moradores da Alameda Nazaré, no Conjunto Bela Vista, no bairro do Tapanã, em Belém, fizeram o serviço de pavimentação da via.

terça-feira, 29/09/2020, 10:10 - Atualizado em 29/09/2020, 10:09 - Autor: Luiz Guilherme Ramos


A população gastou cerca de R$ 8 mil para colocar cimento em toda a via, localizada no Tapanã
A população gastou cerca de R$ 8 mil para colocar cimento em toda a via, localizada no Tapanã | Ricardo Amanajás

A ausência completa de assistência do poder público municipal fez com que os moradores da Alameda Nazaré, no Conjunto Bela Vista, no bairro do Tapanã, em Belém, resolvessem por conta própria garantir a melhoria na qualidade de vida, bancando com recursos próprios o serviço de pavimentação da via, que tem cerca de 30 casas e o dobro de insatisfação com o prefeito Zenaldo Coutinho.

Orçado em aproximadamente R$ 8 mil, o trabalho de cimentar a via partiu de um pequeno grupo de moradores e rapidamente se espalhou positivamente entre todos. “Inicialmente, três moradores tomaram à frente da ideia e começamos a organizar. Entramos em um consenso e por causa da insatisfação, em uma semana colocamos tudo em prática”, explica o motorista de aplicativo Douglas Santos, 35.

Com o valor em mãos, a quantia foi dividida de acordo com o tamanho da residência de cada morador. “As casas com até seis metros pagaram R$ 150 e as casas acima disso R$ 250.”

Em aproximadamente uma semana, todo o serviço de nivelamento foi feito e o passo seguinte foi despejar uma camada de 10 centímetros de cimento. O visual em relação ao passado nem se compara.

“Aqui já foi asfaltado, mas há muitos anos. Depois que se deteriorou, a alameda ficou só buraco, a água empoçava, invadia as casas. Era bem feio mesmo. Hoje os moradores das outras ruas até brincam e chamam a nossa de ‘Alameda do BRT’, por causa do cimento”, diverte-se o morador, que há 12 anos reside no local e ao mesmo período aguardava uma solução.

Com o final das obras, eles mesmos se organizaram e fizeram a inauguração oficial, após a reforma, no último dia 6 de setembro, e já planejam uma nova investida, ao perceberem que unidos podem fazer muito mais sem esperar a boa vontade do município. “Como se trata de uma rua sem saída, queremos colocar um portão para a segurança de nós mesmos. Assim nós descobrimos o quanto podemos fazer, se juntarmos as forças”, encerra.

Procurada pela reportagem, a Prefeitura de Belém não se manifestou até ofechamento desta edição.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS