Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Notícias / BabyDOL

BABY DOL

Dia das Crianças: divirta-se com brincadeiras em família ou em outros locais gastando pouco

sábado, 12/10/2019, 11:27 - Atualizado em 12/10/2019, 11:25 - Autor: Andressa Ferreira


Que tal resgatar brincadeiras "das antigas" ou estimular a busca por atividades recreativas?
Que tal resgatar brincadeiras "das antigas" ou estimular a busca por atividades recreativas? | Reprodução

Nada de celulares, aparelhos ou jogos eletrônicos. Com o Dia das Crianças chegando, a ideia aqui é deixar a tecnologia de lado para criar laços entre pais e filhos.

Que tal resgatar brincadeiras "das antigas", como mímicas, estátua, pula corda, dança das cadeiras...? São infinitas as opções para ter bons momentos em família. Ou então, já pensou em optar por atividades recreativas que permitam a diversão de todos?

    Veja a galeria do Dia das Crianças no DOL

Com pais e familiares cada vez mais ocupados e "sem tempo", a relação do brincar em família tem se tornado cada dia mais rara.

No entanto, é através da brincadeira que as crianças desenvolvem a imaginação, exercitam o corpo, desenvolvem habilidades motoras, além de ajudar na socialização e na cooperação. O alerta é da professora de educação física, especialista em fisiologia do exercício e proprietária da Fun Fit Kids academia infantil, Larissa Rezende.

Atividades recreativas bem planejadas vão além de um momento lúdico.
Atividades recreativas bem planejadas vão além de um momento lúdico. Reprodução
 

Para a especialista, a relação do brincar em família vai além da diversão. "Os benefícios são diversos para todos, como aprimorar a relação em família, ter um tempo para o lazer, estreitar laços, além de deixar um pouco de lado os eletrônicos, que hoje ocupam grande parte do nosso dia a dia", explica. 

Segundo Larissa, as atividades recreativas bem planejadas por profissionais qualificados, dentro de um ambiente adequado para crianças, vão além de um momento lúdico.

    Crianças: veja como evitar acidentes em escadas rolantes e elevadores

"A recreação contribuiu para um desenvolvimento saudável que perpetua pela vida toda, pois estimula a questão psicomotora ou seja, desenvolve força, coordenação, flexibilidade, socialização, cooperação, lateralidade, organização, noção espacial, ou seja um desenvolvimento global", ressalta.

PARA CADA FAIXA ETÁRIA

Mas qual a atividade ideal para cada faixa etária? Para crianças de 2 a 3 anos, Larissa recomenda "atividades educativas com cores, números e letras, musicalidade, dança e muita socialização".

    Como criar um filho emocionalmente saudável?

Já para crianças de 4 a 5 anos,  a especialista destaca a importância de começar "a introduzir a imaginação, cooperação, atividades de equilíbrio, força, coordenação motora".

De 6 a 7 anos, a professora de educação física incentiva que é o "momento de introduzir regras, raciocínio lógico, aprender a lidar com as emoções e deixar as atividades mais dinâmicas". Segundo Larissa, "a prática de uma boa arte marcial também ajuda na concentração, disciplina e no desenvolvimento social".

    Bullying na infância e adolescência: Como identificar e combater?

Já para crianças de 8 anos em diante, a especialista destaca levar em consideração os gostos e preferências de cada um. "Um esporte é muito bem recomendado, uma dança, mas sem uma cobrança excessiva para a criança não se frustrar ou criar alguma aversão a atividade física", enfatiza.

Especialistas recomendam que crianças sejam estimuladas com exercícios e apontam seus benefícios.
Especialistas recomendam que crianças sejam estimuladas com exercícios e apontam seus benefícios. Reprodução
 

Rezende ressalta que o  mais importante, independente da escolha, é que a criança desde cedo seja estimulada com exercícios para obter os benefícios para saúde, corpo e mente.

    Como ajudar uma mãe com depressão pós-parto?

"O ideal é incentivar a prática de exercícios físicos até a criança encontrar o que ela realmente gosta de fazer, deixando também de lado um pouco seus eletrônicos e reservando um tempo para atividades e brincadeiras em família", concluiu. 

A pedagoga Nádia Vieira, da Escola Colibri, também ressalta que "o brincar" na infância vai muito além do que apenas entreter. Segundo ela, é através das brincadeiras que a criança aflora no processo de aprender.

“A partir do brincar, várias ações são estimuladas, tanto cognitivas, quanto afetivas e emocionais”, ressalta.

    Alimentação infantil: o que fazer quando a criança não come?

Nádia ainda faz um apelo para os pais neste Dia das Crianças.

“As famílias devem privilegiar brinquedos que estimulem o pensar! Ao presentear, escolha bem! Os pais usam o recurso de colocar vídeos no celular para entreter a criança, e muitas vezes deixam os filhos horas expostas à esse recurso, o adulto precisa ter consciência, porque é o exemplo da criança".

Veja alguns locais para diversão em família:

Ver essa foto no Instagram

Preparei uma programação imperdível em comemoração ao Dia das Crianças. Confere e vem! Traz filho, filha, sobrinho, sobrinha, irmão, irmã, amigos. Quero ver todo mundo aqui brincando e sendo feliz junto comigo! #parqueshopping #shopping #belemdopara #diadascrianças #infância #crianças #belem #programação #infantil #pracegover Banner informativo. Em texto temos: Dia das Crianças. Programação. Cristal Kids. Encontrinho Youtubers com Banda Cristal, quinta e sexta-feira às 17h na entrada principal. Apresentação teatral com heróis da Marvel, sábado às 17h30 no palco da Praça de Alimentação. Apresentação teatral com Princesas, sábado às 19h30 no palco da Praça de Alimentação. Dança da Nanny Studio, sábado às 17h no palco da Praça de Alimentação. Além do texto o banner apresenta 4 imagens dentro de círculos. A primeira: a logo Cristal Kids. A segunda: os heróis da Marvel. A terceira: as princesas. E a quarta: as dançarinas do Nanny Studio. Logo do Parque Shopping no centro inferior.

Uma publicação compartilhada por Parque Shopping Belém (@parqueshoppingbelem) em

Ver essa foto no Instagram

Horário se segunda-feira (14/10) retificado 😉

Uma publicação compartilhada por Estação das Docas (@estacaodasdocas) em

Reportagem: Andressa Ferreira

Edição: Enderson Oliveira 

Que tal resgatar brincadeiras
Que tal resgatar brincadeiras "das antigas" ou estimular a busca por atividades recreativas? | Reprodução
Atividades recreativas bem planejadas vão além de um momento lúdico.
Que tal resgatar brincadeiras "das antigas" ou estimular a busca por atividades recreativas? | Reprodução
Especialistas recomendam que crianças sejam estimuladas com exercícios e apontam seus benefícios.
Que tal resgatar brincadeiras "das antigas" ou estimular a busca por atividades recreativas? | Reprodução

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS