Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
23°
cotação atual R$
PREOCUPAÇÃO

Dados de 40 mil brasileiros já circulam na internet após "megavazamento"

Para especialistas, esse pode ser o maior roubo de informações da história do país. A origem do vazamento ainda é desconhecida.

quinta-feira, 28/01/2021, 22:24 - Atualizado em 28/01/2021, 22:24 - Autor: Com informações de Bruno Romani/O Estado de S. Paulo


Uma empresa de segurança estima que o autor do megavazamento tenha em mãos quase 1TB de informação.
Uma empresa de segurança estima que o autor do megavazamento tenha em mãos quase 1TB de informação. | TheDigitalWay/Pixabay

Depois que 223 milhões de CPFs foram vazados, 40 milhões de CNPJs e 104 milhões de registros de veículos, as informações de 39.645 brasileiros e 22.983 empresas nacionais já circulam livremente e gratuitamente na internet.

A informação é da empresa de segurança Syhunt, que analisou alguns dos arquivos disponibilizados pelo hacker em fóruns na internet. Nele, estão listadas, mas não reveladas, as informações que estão à venda.

VEJA MAIS:

ENEM: saiba como usar a tecnologia a seu favor na preparação para a prova digital

Supercomputador na UFPA e empresa de fibra ótica com loja em Belém estão na coluna Mauro Bonna

Compartilhamento de dados é adiado, mas polêmica continua

Já outros dois pacotes de dados, um para pessoa física e outro para jurídica, são uma espécie de “amostra grátis” do que o hacker tem para oferecer.

A empresa estima que, no total, ele tem em mãos quase 1TB de informação: 650GB de pessoas físicas, 200 GB de pessoas jurídicas e outros 23 GB referente às informações de veículos.

Para especialistas, esse pode ser o maior roubo de informações da história do país. A origem do vazamento ainda é desconhecida.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS