Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Notícias / Polícia

VIOLÊNCIA SEXUAL

Polícia Civil prende suspeito de violentar mulher em Itaituba

domingo, 26/07/2020, 09:50 - Atualizado em 26/07/2020, 09:49 - Autor: J.R Avelar


O suspeito (foto) e a faca que teria sido usada no crime, segundo o sargento PM Soares. O caso foi registrado na Polícia Civil do município.
O suspeito (foto) e a faca que teria sido usada no crime, segundo o sargento PM Soares. O caso foi registrado na Polícia Civil do município. | Divulgação

O crime aconteceu no início da manhã de sexta-feira (24) no município de Itaituba, na região sudoeste do estado, depois que um homem entrou em uma casa com intuito de roubar e acabou estuprando a dona do imóvel. Ele foi preso logo em seguida, por policiais militares.

O suspeito protagonizou outra situação. Logo após o crime, a vítima pediu socorro e populares conseguiram localizar o homem que, armado com uma faca, não deixava ninguém chegar perto. E então uma equipe de policiais militares, sob o comando do sargento Soares, o prendeu e encaminhou para a Polícia Civil, onde teria confessado o crime.

Segundo o policial militar, a primeira informação dava conta que um rapaz teria entrado na casa de uma pessoa para furtar e acabou violentando uma mulher. Ao chegar na delegacia de Polícia Civil, ele confessou o crime e disse que ameaçou matar os filhos dela, com a faca, caso ela gritasse por socorro.

Homem é preso após tentativa de homicídio no interior do Pará 

Suspeito tenta enterrar drogas para despistar policiais mas acaba preso

Ainda segundo a polícia o suspeito tentou ainda enganar os policiais durante depoimento, dizendo que seria adolescente. Mas, ao verificar sua ficha criminal, foi contatado que ele já tinha completado 18 anos e assim foi qualificado e autuado em flagrante.

O caso chamou a atenção dos moradores de Itaituba, tão logo chegou às redes sociais. A família da mulher, bastante abalada, pediu justiça e que o acusado fique na cadeia para pagar pelo crime hediondo praticado. O nome dele não foi fornecido pela polícia.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS