Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$

Notícias / Polícia

PENALIZAÇÃO

Homem que espancou cachorro é multado em R$ 3 mil pelo Ibama

sexta-feira, 02/08/2019, 13:27 - Atualizado em 02/08/2019, 13:27 - Autor: Diário Online


O agressor do cachorro responderá por maus-tratos e ainda recebeu uma multa de R$ 3 mil do Ibama.
O agressor do cachorro responderá por maus-tratos e ainda recebeu uma multa de R$ 3 mil do Ibama. | Reprodução

Alan Gonzaga, que viralizou após agredir covardemente a pauladas um cachorro no bairro de Canudos, em Belém, além de responder pelo crime de maus-tratos de animal, foi multado em R$ 3 mil.

Homem que agrediu cachorro responderá processo em liberdade

Segundo a Polícia Civil, Alan recebeu do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), um auto de infração com multa administrativa no valor de R$ 3 mil pela violência praticada contra o animal.

Veja o vídeo em que o agressor espanca o cachorro em Belém

Ainda de acordo com a PC, o Ibama compareceu à Divisão Especializada em Meio Ambiente (Dema) e fez o auto de infração. No entanto, Alan ainda pode recorrer junto ao Ibama. 

RELEMBRE O CASO

Em entrevista à RBATV, Alan justificou que o cachorro iria morder seu filho. 

"Meu filho estava brincando na rua com o carrinho e no momento em que meu filho atravessa para o outro lado do carro o cachorro vem latindo em direção a ele. Se eu não grito, ele tinha mordido meu filho. Foi então que eu puxei meu filho para dentro de casa e peguei o pau e bati nele”, disse o agressor.

Acusado de agredir cachorro em Belém se entrega à polícia

Questionado se arrepende da crueldade, Alan diz que "poderia ter resolvido de outra forma, mas que a gente só descobre depois do ato cometido”.

Ele completa dizendo que “o animal (agredido) corre atrás de pessoas que passam de bicicleta e que já mordeu a filha do meu vizinho”. No entanto, a versão não foi confirmada por nenhum vizinho do agressor.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS