Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$
OPÇÕES SIMPLES E EFETIVAS

Procura por procedimentos estéticos aumenta 50% durante pandemia

Lentes de contato nos dentes e harmonização facial estão entre as opções mais procuradas

terça-feira, 27/10/2020, 16:43 - Atualizado em 27/10/2020, 16:43 - Autor: Com informações da assessoria


| Reprodução

Com a chegada da pandemia da Covid-19, os brasileiros passaram a procurar e utilizar com mais frequência os procedimentos estéticos minimamente invasivos, na maioria das vezes realizados em consultórios e clínicas odontológicas. A estimativa da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) é de um aumento de 50% na busca por essas soluções no período de isolamento social.

Com a valorização de procedimentos de beleza menos invasivos, as lentes de contato nos dentes são uma opção simples e efetiva para quem pretende começar o processo de harmonização facial.

Feita com cerâmica ou porcelana e aplicada diretamente sobre o dente, a lente de contato dental corrige pequenos desgastes e diferenças entre os dentes, além de deixá-los mais brancos. De acordo com a odontóloga, Dra. Monique Firste, essa solução permite um sorriso perfeito sem procedimentos demorados e dolorosos.

“A lente de contato é uma pequena peça com espessura de até 0,2 milímetros. Essa fina camada permite o clareamento dos dentes e restaura a estrutura dental de forma simples e rápida”, afirma. 

Leia mais:

Quer se relacionar melhor com o dinheiro? Confira as dicas para sair do vermelho!

Empreendedorismo: qual o segredo pra quem quer começar

Além das lentes de contato, a harmonização facial e oro facial também tem ganhado destaque entre os procedimentos de beleza. Para Monique, a solução une odontologia e estética, proporcionando um aumento na autoestima e saúde bucal dos pacientes.

“A gente consegue melhorar a estética dental e o bem-estar das pessoas fazendo ajustes na harmonização do rosto, preenchendo rugas e melhorando a autoestima, trazendo uma evolução na saúde como um todo”, afirma. 


Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS