Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Brasil

ALERTA

Câncer de mama: homens também precisam ficar atentos, diz especialista

quarta-feira, 29/07/2020, 17:52 - Atualizado em 29/07/2020, 17:52 - Autor: Com informações R7


Raro nos homens, o câncer mamário masculino possui uma taxa de mortalidade de 25% e um alto índice de cura
Raro nos homens, o câncer mamário masculino possui uma taxa de mortalidade de 25% e um alto índice de cura | Reprodução

"Câncer" é o nome dado a um conjunto de mais de 100 doenças que têm em comum o crescimento desordenado de células, que invadem tecidos e órgãos. De cordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), os tipos de canceres são determinados a partir desse crescimento celular desenfreado. Quando isso ocorre no tecido mamário, é chamado de câncer de mama. A doença é mais comum nas mulheres, e ela também pode acometer os homens, sendo mais raro.

Segundo a American Cancer Society, as estatísticas apontam que a enfermidade atinge os homens cerca de cem vezes menos. Dessa maneira, o câncer de mama masculino representa 1% dos casos, afirma a presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia – Regional Minas Gerais (SBM-MG), Annamaria Massahud.

"Embora pouco comum, se comparado em pessoas do sexo feminino, a taxa de mortalidade é de 25%. Ela depende do estágio no qual se encontra o câncer e do subtipo. Algumas diferenças físicas e hormonais a produção de estrogênio e o volume das mamas entre os sexos contribuem para uma menor ocorrência entre eles." disse!

Segundo a presidente, o tumor mamário é mais frequente nas mulheres, pois produzem mais estrogênio (hormônio feminino) do que os homens. “A mama feminina sofre ação hormonal de maneira cíclica desde os primeiros ciclos menstruais, principalmente do estrogênio. E a maioria dos canceres de mama que existem são sensíveis a esse hormônio”, aponta. Além disso, o tamanho dos seios também é levado em conta. “A mama feminina tem mais volume. Já a masculina é mais atrofiada, com pouca glândula mamária, tem pouco lugar para aparecer câncer”. explicou!

Os fatores de riscos que aumentam a probabilidade do tumor de mama masculino são vários, mas tomar radiação no tórax e nascer com uma mutação no gene BRCA são os principais. Para além deles: doenças hepáticas, ingestão de bebida alcoólica, obesidade, exposição a pesticidas e doenças nos testículos são alguns outros motivos.

Sinais e sintomas

Segundo os especialistas, existem características indicativas desse tipo de câncer. Posto isto, o autoconhecimento é essencial para que alterações sejam percebidas, uma vez que são mais visíveis e palpáveis nos homens do que nas mulheres. Abaixo estão listados alguns desses sinais e sintomas:

Alteração na pele: mais ondulada, mais grossa ou mais enrugada; retração da pele ou do mamilo;

Alteração no mamilo: vermelhidão, secreção;

Nódulo ou caroço no peito: atrás do mamilo ou logo abaixo da auréola, que não causa dor.

A faixa etária mais acometida pelo câncer de mama masculino são os idosos acima dos 60-65 anos, sendo mais raro o diagnóstico em homens mais jovens.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS