Notícias / Polícia

APARELHO DE CHOQUE

Preso suspeito de torturar e matar policial militar durante assalto em Ananindeua

Sexta-Feira, 21/09/2018, 17:17:11 - Atualizado em 21/09/2018, 17:19:53 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Preso suspeito de torturar e matar policial militar durante assalto em Ananindeua (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Indiciado é suspeito de participação no crime que causou revolta na população e nos policiais militares (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Já está preso e indiciado pela Polícia Civil, Felipe Jean Correia da Silva, suspeito de matar durante assalto o policial militar José da Silva Frade, no mês de março deste ano, dentro de um ônibus em Ananindeua, Região Metropolitana de Belém (RMB). A vítima foi arremessada do coletivo e os bandidos usaram um aparelho de choque.

PM é assassinado ao reagir a assalto dentro de ônibus em Ananindeua

Na ocasião, três homens entraram no ônibus e anunciaram o assalto. Além dos três havia mais um suspeito no apoio para dar fuga em um veículo roubado.

Ao ser reconhecido, militar teve o aparelho de choque confiscado pelos bandidos que o torturaram e o jogaram do coletivo (Foto: Arquivo Pessoal)

Detido para averiguação suspeito de torturar e matar policial em ônibus

Segundo a Polícia Civil, os quatro autores do crime foram identificados. Um deles, um adolescente, já foi apreendido. Outro acusado foi morto em troca de tiros com a PM e outros dois fugiram na ocasião.

Cobrador afirma que PM foi torturado com choques por assaltantes

De acordo com o delegado da Divisão de Homicídios, Guilherme Macedo, na ocasião do crime, três pessoas anunciaram o assalto dentro do ônibus. O policial militar foi reconhecido pelos criminosos e, após ser espancado e ser torturado com uma aparelho de choque, a vítima foi jogada de dentro do ônibus e acabou batendo a cabeça no chão, morrendo em decorrência de traumatismo craniano.

Com base nas investigações, o delegado representou pela prisão preventiva dos foragidos. Após decretadas as prisões pela Justiça, em 28 de agosto deste ano, a PM localizou e prendeu Felipe Jean Correia da Silva. O outro envolvido permanece foragido.

(DOL com informações da Polícia Civil)










Comentários

Destaques no DOL