Notícias / Mundo

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Encantos da alma tailandesa

Domingo, 21/02/2016, 10:08:38 - Atualizado em 21/02/2016, 10:37:21 Ver comentário(s) A- A+

Encantos da alma tailandesa (Foto: Rita Soares)
Segunda reportagem especial sobre a Tailândia revela a cultura de um país moldado pelo budismo (Foto: Rita Soares)

Boxe, comida apimentada e massagens. Quando se fala da Tailândia, certamente são essas as primeiras palavras a serem associadas ao país, que está entre os que mais atraem turistas no mundo. Esses elementos fazem parte da cultura tailandesa, sim. Mas não são os únicos a defini-la. Se no sul da tailândia os cartões-postais são o mar verde esmeralda e as praias de areias muito brancas, ao norte o que se destaca são as marcas da cultura e da religião budista - presentes não apenas nos templos imponentes, mas no próprio jeito de ser do povo. A hospitalidade, a saudação com as mãos, como em prece, e hábitos como o de tirar os sapatos ao entrar nas residências estão entre as características mais marcantes. 

 (Foto: Rita Soares/Diário do Pará)

TEMPLOS BUDISTAS

Mais de 95% da população tailandesa segue o budismo. Cerca de 4% são muçulmanos, que se concentram mais na parte sul, onde mesquitas fazem parte da paisagem. No norte budista, destaca-se a cidade de Chiang Mai - a segunda maior da Tailândia, atrás apenas de Bangcoc. A 800 quilômetros da capital tailandesa, Chiang Mai é um ótimo começo para mergulhar na cultura do país. Lá, não é preciso esforço para se deparar com belíssimos templos, que atraem fiéis e turistas de todo o planeta.

VEJA IMAGENS DO LOCAL

Um passeio pelas ruas da cidade é suficiente para ver dezenas dessas magníficas construções. A mais famosa e imponente, porém, fica no alto de uma montanha. É o templo Wat Phrathat Doi Suthep, a mais de 1 mil metros de altitude. A subida já vale o passeio. Do alto, em dias de sol, tem-se uma visão belíssima da região. A atração são as imagens de Buda, os ornamentos em dourado e os dragões nas entradas do templo. Na tradição budista, são os guardiões do lugar.

Mas nem só de visitas a templos se faz um passeio a Chiang Mai. Uma ótima dica é sair um pouco da cidade para visitar, por exemplo, uma fazenda de elefantes ou a tribo das mulheres-girafa. A Tailândia é assim: surpreendente. Sempre!

Conheça mais sobre a Tailândia:

Veja ainda mais curiosidades da Tailândia:

Massagem tailandesa: saúde e religião

A gruta mágica de Krabi

Que tal degustar um escorpião no espeto?

Mulheres-girafas: as refugiadas da Tailândia

(Rita Soares/Diário do Pará)

Leia também:

Comentários