Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$
ABUSO DE AUTORIDADE

Prefeito-delegado intimida morador em Oriximiná. Veja vídeo!

O prefeito de Oriximiná, José William Siqueira da Fonseca, conhecido como Delegado Fonseca, disse ter sido agredido com um facão o que não se comprova no vídeo. Ele também afirmou que os agentes da Polícia Civil do município são corruptos.

segunda-feira, 26/04/2021, 15:57 - Atualizado em 26/04/2021, 16:23 - Autor: Redação


Denúncias de abuso de autoridade foram feitas contra o prefeito José Willian Siqueira da Fonseca (foto)
Denúncias de abuso de autoridade foram feitas contra o prefeito José Willian Siqueira da Fonseca (foto) | Reprodução Facebook

As redes sociais ganham cada vez mais importância como espaço de comunicação e debate político. Um exemplo disso, é que tanto a população quanto os políticos podem usá-las a fim de expor situações ocorridas no cotidiano de uma cidade. 

Um caso que tem viralizado, nesta segunda-feira (26), é sobre um suposto abuso de autoridade cometido pelo prefeito de Oriximiná, no oeste paraense, José Willian Siqueira da Fonseca, conhecido também como Delegado Fonseca. O gestor teria divulgado um vídeo de uma suposta tentativa de homicídio contra ele, que teria sido praticada por um morador da cidade identificado como Joailson Damião, mais conhecido como "Chato". Joailson é conhecido opositor político do delegado Fonseca.

BRIGA POLÍTICA

Nas imagens, o prefeito afirma ter sido vítima de uma ação que teria sido motivada por briga política. Além disso, o gestor fez graves acusações a respeito dos integrantes da corporação da Polícia Civil do município, afirmando que os agentes seriam corruptos. 

No vídeo, Fonseca mostra um facão que ele alega ter sido usado pelo morador da cidade, afirmando que o mesmo teria usado a arma para atingi-lo.  No entanto, a imagem é clara e em nenhum momento se vê Joailson com um facão, apenas com uma lavadora de alta pressão.

De acordo com um vídeo divulgado por moradores do município, a ação do prefeito teria sido motivada por uma publicação nas redes sociais, onde Joailson teria feito críticas ao gestor. O prefeito teria levado agentes da Guarda Municipal até a casa do suposto autor da tentativa de homicídio como uma forma de coagir 'Chato'. 

A Associação e Sindicato dos Delegados do Pará (Assindelp) também se posicionou sobre o caso. Em nota, o órgão declarou que "vem a público repudiar as leviandades proferidas através de vídeo divulgado em redes sociais, onde o Prefeito de Oriximiná acusa todos os policiais civis daquele município de corruptos. Manifestamos total apoio aos policiais da cidade, os quais estão sendo enredados em brigas políticas que não possuem qualquer pertinência à sua atuação como Policiais, cargo que exerce com imparcialidade e tecnicidade".

Depois do registro de assinar o Termo Circustanciado de Ocorrência (TCO) ,Joailson foi liberado e responderá o inquérito em liberdade.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS