Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

DIA DA ALIMENTAÇÃO

Alimentação adequada pode garantir saúde e prevenir doenças

Dia Mundial da Alimentação é celebrado nesta sexta-feira (16) e alerta sobre a importância da alimentação adequada, acessível e de qualidade

sexta-feira, 16/10/2020, 13:45 - Atualizado em 16/10/2020, 13:45 - Autor: Agência Pará


Hábitos nutricionais balanceados estão totalmente relacionados à qualidade de vida de uma pessoa.
Hábitos nutricionais balanceados estão totalmente relacionados à qualidade de vida de uma pessoa. | Reprodução

O equilíbrio é o segredo para diversos aspectos da vida e com a alimentação não é diferente. Hábitos nutricionais balanceados estão totalmente relacionados à qualidade de vida de uma pessoa. Além de melhorar o sistema imunológico e garantir mais saúde, se alimentar de forma saudável também pode prevenir doenças.

O Dia Mundial da Alimentação, celebrado nesta sexta-feira (16), alerta sobre a importância da alimentação adequada, acessível e de qualidade. Com esse cuidado, o Governo do Pará, por meio da Coordenação de Nutrição da Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa), desenvolve ações e capacitações voltadas para a alimentação dos paraenses. O órgão também promove ativbidades de vigilância e de suplementação nutricional nos municípios do Estado.

Segundo a coordenadora estadual de Nutrição da Sespa, Rahilda Tuma, o órgão participa de forma regular das ações desenvolvidas no Programa Territórios pela Paz (TerPaz), com avaliação nutricional e orientação alimentar individual, com foco na prevenção de doenças decorrentes da prática de hábitos de vida não saudáveis, como a obesidade, hipertensão, diabetes, entre outras.

ORIENTAÇÕES

A nutricionista do Hospital de Clínicas Gaspar Vianna (HC), Lorena Cunha, lista cinco dicas essenciais que devem ser incorporadas no dia a dia das pessoas. 

- Aumentar o consumo de alimentos in natura: frutas, legumes e verduras. Por serem ricos em fibras, promoverem um maior tempo de saciedade e ainda possuem muitos nutrientes e vitaminas;

- Reduzir o consumo de frituras, açúcares simples e alimentos gordurosos, pois o excesso pode contribuir para o ganho de peso, além de ser prejudicial para o sistema cardiovascular e elevação da glicemia;

- Respeitar os sinais de saciedade. Para isso, a pessoa deve se alimentar devagar, mastigando bem os alimentos e saboreando a refeição;

- Evitar a ingestão de líquidos durante as refeições, já que podem atrapalhar a digestão;

- Optar por alimentos diversificados ao montar seu prato; quanto mais colorido melhor. 

Leia mais:

Veja 7 alimentos que podem manchar seus dentes e como evitar um sorriso amarelo

Veja 10 alimentos que auxiliam na prevenção do câncer de mama

CUIDADOS COM OS ALIMENTOS

A coordenadora estadual de Nutrição da Sespa, Rahilda Tuma, alerta para os cuidados no manuseio e armazenamento dos mantimentos. 

- Antes de tocar em qualquer alimento, lave bem as mãos com água e sabão;

- Lave as embalagens dos produtos com água e sabão e borrife álcool 70% ou solução clorada;

- Limpe bem o local de armazenamento e certifique que não há possibilidade de entrada de insetos e roedores;

- Fique atento à validade de tudo o que comprou e organize os alimentos mais antigos na frente dos mais novos.

OBESIDADE

A obesidade é um dos mais sérios problemas de saúde pública e maior fator de comorbidades do país. A doença é responsável por acelerar diversas enfermidades como a hipertensão, diabetes, dislipidemias, assim como a dificuldade de locomoção e dores articulares que acabam se intensificando com o sobrepeso e obesidade. 

Segundo a nutricionista do HC, em todos os casos da doença, o ideal é procurar um nutricionista, para que auxilie no tratamento de forma individualizada e gradativa, conforme hábitos e condições sociais.

ATIVIDADE FÍSICA

Aliada a uma alimentação saudável, a prática de atividades físicas regulares, com orientação do educador físico ou recomendação médica, tem um papel fundamental na prevenção, tratamento e controle da obesidade, assim como na garantia da qualidade de vida e prevenção de outras enfermidades. 

“Além de proporcionar um gasto calórico elevado, garante uma melhora significativa na composição corporal, fortalece a musculatura, aumenta mobilidade, garante mais disposição, condicionamento físico, diminui o risco de doenças cardiovasculares, entre muitos outros benefícios”, ressalta o diretor técnico da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), Erivelto Pastana.

A prática de exercícios, como a musculação, hidroginástica e práticas esportivas individuais e coletivas, segundo o representante da Seel, também produz efeitos psicológicos, como a melhora do humor e da autoestima, diminuição de ansiedade, depressão e estresse. Por tantos benefícios, a Seel desenvolve programas para promover hábitos saudáveis desde crianças, por meio do projeto “Talentos Esportivos” até os idosos com o projeto “Vida Ativa”.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS