Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

COMPORTAMENTO

Hábitos que as pessoas pretendem manter após o fim da pandemia

Higienizar embalagens, lavar as mãos com frequência e não entrar com os sapatos usados na rua em casa são algumas das medidas recomendadas durante a pandemia. E depois? O que as pessoas devem manter?

terça-feira, 29/09/2020, 09:45 - Atualizado em 29/09/2020, 09:45 - Autor: Pryscila Soares


Adriana Flexa, 46, reforçou os cuidados dentro e fora de casa.
Adriana Flexa, 46, reforçou os cuidados dentro e fora de casa. | Wagner Almeida

A chegada da pandemia do novo coronavírus mudou completamente os hábitos de milhões de famílias pelo mundo. Lavar as mãos frequentemente, usar máscaras, ter sempre um frasco de álcool em gel na bolsa, higienizar embalagens de produtos comprados em feiras e mercados, lavar bem as frutas e verduras, deixar o calçado fora de casa e manter a casa sempre limpa. Essas são algumas medidas recomendadas pelas autoridades sanitárias e adotadas pelas pessoas para evitar a disseminação da Covid-19.

Embora o relaxamento das medidas seja perceptível nas ruas, quando se observa pessoas sem máscara e/ou aglomeradas, os órgãos de saúde seguem alertando a população sobre a necessidade da não liberação das medidas, uma vez que a pandemia não acabou. Mas será que as pessoas pensam em manter esses hábitos quando a população for imunizada com a vacina?

O DIÁRIO foi às ruas para fazer essa pergunta e saber se as pessoas seguem tomando todos esses cuidados. Moradora de Ananindeua, Adriana Flexa, 46, atua diretamente em contato com o público e teve de reforçar os cuidados dentro e fora de casa. “Estou sempre com álcool dentro da bolsa para higienizar as mãos. Peguei o hábito de estar toda hora passando, primeiro porque trabalho com atendimento ao cliente e é uma coisa que vai permanecer. No ônibus a gente também usa sempre. As embalagens não é todo tempo que eu limpo, mas sei que é bom. Acho que a sociedade precisa reforçar um pouco mais os hábitos de limpeza em qualquer situação. E mesmo com toda essa pandemia tem pessoas que ainda não seguem”, observou.

CALÇADOS

Rômulo Costa
Rômulo Costa Wagner Almeida
 

Já na casa do estudante Rômulo Costa, 23, que mora no bairro do Bengui, antes da pandemia não havia a preocupação de deixar os calçados do lado de fora ou de deitar-se na cama com a mesma roupa que usou fora de casa. Agora tudo mudou. O jovem diz que todos seguem os cuidados à risca para evitar contaminação. “A gente chega e passa direto para o quintal, coloca a roupa que usou para lavar. Antes a gente entrava com sapato. Hoje fica na área fora. E isso a gente continua fazendo”, comentou.

A família chegou a passar 3 meses sem sair de casa. “Como as coisas foram voltando, inclusive meu curso, tivemos que nos adaptar a esse novo normal. Hoje todas as embalagens que chegam colocamos de molho na bacia com água sanitária e depois secamos para guardar. Como li algumas coisas e muitos cientistas dizem que vamos ter que ficar atualizando vacina, então é melhor manter os cuidados”, assegurou o jovem.

"Quando passar, o uso da máscara as pessoas vão deixar. Mas a higienização diária com a limpeza da casa e alimentos vai continuar”, Jacilene Lima, atendente
"Quando passar, o uso da máscara as pessoas vão deixar. Mas a higienização diária com a limpeza da casa e alimentos vai continuar”, Jacilene Lima, atendente Wagner Almeida
 

A atendente Jacilene Lima, 29, mora em uma casa pequena, com apenas dois cômodos, na Pedreira. O esposo dela adoeceu de Covid-19 durante o período de pico da doença e ela teve de se desdobrar para resguardar a própria saúde e a da filha, de apenas 2 anos e nove meses.

“Ele ficou na sala e eu no quarto com a minha filha. Passamos duas semanas assim. Tinha que limpar a casa todos os dias. Colcha de cama tinha que trocar, principalmente, por causa da minha filha. Ele vivia tossindo, tinha que lavar máscara direto. Até hoje lavo embalagens dos produtos. Quando passar, o uso da máscara as pessoas vão deixar. Mas a higienização diária com a limpeza da casa e alimentos vai continuar”, afirmou.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS