Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

CAMPANHA

Setembro Amarelo: Igeprev inicia ação de prevenção ao suicídio

sexta-feira, 11/09/2020, 09:28 - Atualizado em 11/09/2020, 09:28 - Autor: Agência Pará


No formato virtual, Instituto promove diálogo remoto entre os servidores e psicólogas do órgão.
No formato virtual, Instituto promove diálogo remoto entre os servidores e psicólogas do órgão. | Reprodução

Dados anuais da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam cerca de 800 mil suicídios no mundo, mas o número pode ser ainda maior por conta da subnotificação dos casos. Como parte da campanha Setembro Amarelo, que alerta para a importância da prevenção, o Instituto de Gestão Previdenciária do Pará (Igeprev-PA) iniciou uma ação de reflexão sobre o tema. 

No formato virtual, o Núcleo de Atenção Psicossocial (NAPS) promove um diálogo remoto entre os servidores, que podem tirar dúvidas e fazer perguntas sobre o assunto para as psicólogas do Instituto. As respostas serão produzidas em uma série de cinco vídeos a serem postados no site e nas mídias sociais do Igeprev-PA, para outras pessoas terem acesso às informações que podem ajudar a salvar vidas. 

A programação também prevê uma live no Instagram no próximo dia 25 de setembro com a participação de segurados, que poderão interagir com as psicólogas para o esclarecimento das dúvidas. A psicóloga Juliana Galvão faz uma reflexão sobre a necessidade de cuidar da saúde mental como prevenção ao suicídio. "Quanto mais conversarmos abertamente sobre o assunto, poderemos evitar a sensação de ‘estar só’, relatada por pessoas que já tiveram vontade de tirar a própria vida”, afirma. 

Leia mais:

Comparsa do 'Maníaco de Marituba' será julgado nesta sexta

Moradores contam sustos e prejuízos no dia seguinte ao vendaval em Icoaraci

A psicóloga alerta também para a importância de se escutar, apoiar e não julgar quem tem ou teve ideia suicida. “A vida é dinâmica e, dependendo do momento em que se vive, é comum haver picos de tristeza e desânimo com pensamentos intrusivos sobre autodestruição, como uma busca de solução para os problemas”.

Para o presidente do Igeprev, Giussepp Mendes, o debate sobre o tema é necessário no contexto atual de pandemia do novo coronavírus. “Agora as pessoas estão mais expostas ao estresse, depressão e ansiedade, por isso o diálogo e a reflexão sobre o assunto são ainda mais essenciais", destaca.

Cuidados

O Centro de Valorização da Vida (CVV) informa que nos casos de crise, de angústia e de depressão, é possível buscar o auxílio gratuito, via telefone pelo número 188 e internet, disponível 24h por dia. Buscar o atendimento e acompanhamento com psiquiatra e psicólogo é determinante para saúde mental das pessoas deprimidas.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS