Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

TRISTEZA

Empresário que morreu por causa do Coronavírus no Amazonas era paraense

quarta-feira, 25/03/2020, 13:37 - Atualizado em 25/03/2020, 13:36 - Autor: Com informações de Niash dos Anjos


| Reprodução

O empresário Geraldo Sávio, 49 anos, morreu na última terça-feira (24) infectado pelo novo coronavírus, em Manaus. Ele residia em Parintins-AM, distante 226 Km de Santarém e apenas 87,9 de Juruti, na região do Baixo Amazonas.

Geraldo era paraense, natural de Oriximiná. A morte dele foi a primeira em decorrência da doença na região Norte.

Segundo informações exclusivas passadas ao DOL pelo repórter Niash dos Anjos, do portal amazonense CNA, Geraldo vivia há muitos anos na cidade de Parintins, e contraiu a doença após viagem a Manaus, onde participou de um evento de pescaria, que contou com vários participantes de todo o Brasil, inclusive da China.

Após retornar à "Ilha da Magia", dias depois, ele viajou para a cidade de Nhamundá, onde teve contato com mais pessoas. Geraldo começou a sentir os primeiros sintomas da doença e em seguida foi transferido para Manaus, mas não resistiu e morreu. No último domingo (22) ele já havia tido uma parada cardiorrespiratória.

ESPOSA TAMBÉM ESTÁ COM COVID-19

A esposa de Geraldo Sávio, Tatyana Vieira, também já foi diagnosticada com a doença. O Amazonas é o estado do Norte mais atingido com a doença, apresentando 47 casos já confirmados de Coronavírus.

Após a confirmação da morte do empresário, alguns casos suspeitos estão sendo investigados na cidade de Nhamundá, Parintins e Manaus.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS