Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$
Brasil

Governo contesta pesquisa nacional por 'defender consumo de drogas'

quinta-feira, 30/05/2019, 11:11 - Atualizado em 30/05/2019, 11:54 - Autor:


O ministro da Cidadania, Osmar Terra, contestou o resultado do 3º Levantamento Nacional sobre o Uso de Drogas pela População Brasileira. Terra não acredita na integridade da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que realizou a pesquisa.


“A Fiocruz tem viés de defender a liberação das drogas. A Fiocruz trabalha há muitos anos para provar que não é problema o consumo de drogas. E a Fiocruz tem um papel extraordinário nas pesquisas sobre vacinas, sobre medicamentos. Mas, infelizmente, na área de pesquisa sobre drogas é um grupo totalmente comprometido com a liberação, que quer mostrar que não tem epidemia”, disse o ministro em entrevista à GloboNews.


Na última quarta-feira (29), o Ministério da Justiça e Segurança Pública autorizou a publicação do Levantamento. Porém, exige que a instituição não associe o governo federal ao levantamento, porque a Secretaria Nacional de Política sobre Drogas (Senad), ligada ao ministério, concluiu que a Fiocruz não cumpriu devidamente com o edital para a elaboração da pesquisa, o que a entidade contesta veementemente.


Para fundação, porém, a falta de reconhecimento oficial do estudo abre brecha para que a instituição seja obrigada a devolver os R$ 7 milhões gastos no trabalho.


Financiada pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), órgão do Ministério da Justiça, a pesquisa ouviu mais de 16 mil pessoas. Ao todo, 500 profissionais de diferentes áreas participaram do trabalho, realizado entre 2014 e 2017.


Leia também:



(Com informações do Nexo Jornal)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS