Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Notícias / Polícia

Polícia

Traficantes são presos vendendo drogas sintéticas em festa rave na Grande Belém

segunda-feira, 08/04/2019, 17:56 - Atualizado em 08/04/2019, 18:07 - Autor:


A Polícia Civil do Pará divulgou, nesta segunda-feira (08), os resultados da “Operação Pente Fino” realizada, no final de semana, em Santa Izabel do Pará, nordeste paraense. Dois traficantes foram presos em flagrante em uma festa de música eletrônica, conhecida como "rave", realizada na localidade de Areia Branca, zona rural do município. Com eles, foram apreendidos 39 comprimidos da droga sintética conhecida como "ecstasy" e 35 pacotes de maconha do tipo "limãozinho", droga fabricada em laboratório. 


A operação resultou ainda nas abordagens em bares, veículos e pedestres. Estiveram em atuação na operação policiais civis da Seccional de Polícia Civil de Santa Izabel do Pará, com apoio da Polícia Militar (Interativo e Rocam), Guarda Municipal, Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMMA) e da Diretoria de Trânsito Municipal.


Presidida pelo delegado Márcio Cavalcante, titular da Seccional de Santa Izabel do Pará, a operação resultou, ao todo, em cinco pessoas conduzidas para a Unidade Policial. Uma delas por consumo pessoal de drogas, outra por perturbação do sossego alheio e outra por desacato, contras quais foram lavrados Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs) e, após assinarem o procedimento, foram liberadas para responder aos processos na Justiça. Outras duas pessoas foram presas em flagrante por tráfico de drogas.


Mauro Clayton Brito Gomes e Lilia Fernanda Cantanhede foram abordados em uma sede denominada "Balneário da Mata", onde ocorria a festa "rave", com presença de dezenas de pessoas. No local, os dois foram flagrados com as drogas. Mauro estava traficando "limãozinho", enquanto que Lilia foi flagrada com "ecstasy" e uma grande quantia em dinheiro, além de diversos invólucros com maconha e cocaína. 


Na ocasião, explica o delegado, a festa foi encerrada e o proprietário pelo evento foi notificado a comparecer à Divisão de Polícia Administrativa (DPA) para responder administrativamente pelas infrações constatadas durante a operação. A operação contou com mais de vinte agentes. Mais de cem pessoas foram revistadas e diversos veículos em situação irregular foram apreendidos por agentes municipais de trânsito. Durante a operação, por meio de mapeamento, foram realizadas diversas incursões por ruas da cidade, onde foram efetuadas abordagens em diversos bares, carros, motos e pessoas.


(Com informações da Agência Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS