Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
23°
cotação atual R$

Notícias / Mundo-Notícias

PRIVILÉGIO

Paraense que trabalha nos EUA grava momento que recebe a vacina Pfizer na Flórida

Katyanne reside no país há 23 anos, onde trabalha como higienista dental; ela deve receber a segunda dose em 20 dias.

quinta-feira, 24/12/2020, 15:09 - Atualizado em 24/12/2020, 15:08 - Autor: Ronald Sales


Katyanne trabalha ho hospital Holy Cross Health em Fort Lauderdale.
Katyanne trabalha ho hospital Holy Cross Health em Fort Lauderdale. | Reprodução

A higienista dental, Katyanne Lima,  foi uma das profissionais da saúde a serem vacinadas contra o coronavírus nos Estados Unidos, ainda nas primeiras etapas do processo de imunização no país. Natural de Belém, ela não escondeu o alívio e a emoção de ser privilegiada por receber o imunizante.

Paraense recebe primeira dose da vacina contra a covid-19

"Sempre temi pelo risco que corro na linha de frente da saúde. Aqui na Flórida, amigos e até minha mãe sofreram com a Covid-19. Perdi um tio em Belém. Fui a única que não peguei o vírus do meu ciclo social. Sempre fiz testes mensais por causa da vulnerabilidade que tenho na profissão. Trabalho diretamente com pacientes e tenho contato com as vias orais de cada um. Fiquei sabendo no mesmo dia que poderia receber a vacina através de um email enviado pela entidade de saúde local. Entrei na fila e recebi a primeira dose da Pfizer. A segunda deve ser feita até o dia 13 de janeiro", conta Katyanne.

   

 

Reprodução
 


Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS