Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
INQUÉRITO CONCLUÍDO

Caso Henry: polícia indicia casal por homicídio com tortura

Segundo as investigações, o menino foi assassinado após sofrer sessões de tortura

segunda-feira, 03/05/2021, 17:24 - Atualizado em 03/05/2021, 17:27 - Autor: Com informações UOL


Jairinho e Monique estão presos desde 8 de abril
Jairinho e Monique estão presos desde 8 de abril | Polícia Civil do Rio de Janeiro

O caso do menino Henry Borel chocou e emocionou diversas pessoas em todo o Brasil. Morto no dia 8 de março no apartamento da família na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, os principais suspeitos de terem praticado o crime são a mãe Monique Medeiros e o padrasto Dr. Jairinho.

A Polícia Civil do Rio concluiu, na tarde desta segunda-feira (03/05), a investigação envolvendo o assassinato do menino Henry. Agora, o inquérito será encaminhado, ainda hoje, ao MP-RJ (Ministério Público do Rio).

Os investigadores pedem à Justiça a prisão preventiva do padrasto e da mãe do garoto que completaria 5 anos nesta segunda-feira. O casal foi indiciados pelo crime de homicídio duplamente qualificado, com o agravante de tortura

Laudos complementares, como os dados do celular do vereador, foram anexados aos altos. Jairinho e Monique estão presos desde 8 de abril por suspeita de atrapalhar as investigações e ameaçar testemunhas. 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS