Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$
TRATAMENTO MILIONÁRIO

Paulo Gustavo: deputado exige "pulmão artificial" pelo SUS

Máquina de ECMO, usada no ator Paulo Gustavo, tem de R$30 mil por dia. A técnica foi barrada no SUS, em 2015, devido ao alto custo.

sábado, 24/04/2021, 14:23 - Atualizado em 24/04/2021, 14:23 - Autor: Com informações do UOL


Tratamento usado por Paulo Gustavo é o mesmo proposto por deputado, em projeto de lei apresentado na Câmara dos Deputados do Rio.
Tratamento usado por Paulo Gustavo é o mesmo proposto por deputado, em projeto de lei apresentado na Câmara dos Deputados do Rio. | Reprodução

Você já ouviu falar da terapia por ECMO (oxigenação por membrana extracorpórea)? O método para pacientes com covid-19 em estado grave, ficou famoso após ser aplicado no ator Paulo Gustavo, que está internado com a doença há 42 dias, em um hospital no Rio de Janeiro. As informações são do UOL. 

Paulo Gustavo 'fala' com amiga durante visita à UTI

Um projeto de lei apresentado na Câmara dos Deputados pelo deputado federal Francisco Jr (PSD-GO), quer que o SUS ofereça o mesmo tratamento caro usado por Paulo Gustavo.

Segundo o texto do deputado federal, todos os hospitais de campanha deverão ter ao menos um equipamento de ECMO para aplicação em pacientes que não responderem aos demais tratamentos.

Pastor diz que reza pela morte do ator Paulo Gustavo

O projeto de lei é específico de que a escolha da terapia será de responsabilidade da equipe médico. Em casos de mais uma unidade hospitalar por estado, caberá ao gestor público a escolha de qual receberá o equipamento.

Na proposta, os gastos para a aquisição do tratamento, insumos e treinamento das equipes serão custeados pelo Fundo Nacional de Saúde. Em casos de desmobilização do hospital de campanha, o equipamento permanecerá ao estado.

O problema é o alto custo da terapia por ECMO. Segundo a cardiologista Ludhmila Hajjar, o tratamento adotado por Paulo Gustavo custa R$ 30 mil por dia.

"Mormente tem sido utilizado em hospitais particulares, causando um discriminatório padrão de atendimento com o serviço ofertado pelo SUS. Ciente do alto custo da terapia, a proposta apresenta a solução de uma quantidade mínima a ser ofertada e neste momento da pandemia, apenas nos hospitais de campanha", defendeu, o parlamentar.

Em 2015, a Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec) barrou o uso da ECMO no SUS devido aos altos gastos.

E você, internauta, o que acha da proposta? É contra ou a favor?

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS