Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$
FLAGRANTE

Vídeo mostra últimos momentos antes de tragédia na BR-376. Motorista acelerou na curva e não usou escape

Vídeo pode dar uma reviravolta nas investigações.

quarta-feira, 27/01/2021, 11:23 - Atualizado em 27/01/2021, 18:26 - Autor: Com informações de Portal Tribuna


Vídeos das câmeras de monitoramento da BR-376, na região de Guaratuba, litoral do Paraná, estrada que ocorreu o grave acidente com o ônibus de turismo na segunda-feira (25), mostram que o motorista teve chance de entrar em uma área de escape antes de bater em uma mureta de proteção e tombar na sequência, desmentindo seu depoimento à Polícia. O acidente resultou em 19 mortes e 31 feridos.

Nas imagens é possível perceber que o ônibus passa pela área de escape da rodovia, na faixa central da pista, e menos de um quilômetro, durante uma curva, ele tomba para fora da rodovia. Ao bater, percebe-se um clarão nas imagens (veja parte final do vídeo). Na parte da área de escape, o motorista não mostrou intenção em entrar, pois não deu sinal que poderia seguir pela esquerda.

Recentemente um motorista salvou 37 pessoas ao utilizar a área de escape em um trecho pouco depois do acidente registrado nesta semana.

Em depoimento para a Polícia Civil, o motorista relatou que percebeu problema no freio do ônibus e que teria tentado usar a área de escape, mas não conseguiu por causa de um caminhão que, segundo ele, estava ao lado direito. Por isso, bateu na mureta e caiu no barranco.

Acidente com ônibus de Belém que ia para Santa Catarina deixa 19 mortos e 33 feridos

Passageiros do ônibus que tombou no Paraná iam visitar o parque Beto Carrero em Santa Catarina

Tragédia no PR: veja a lista dos 53 passageiros que estavam no ônibus de Belém com destino a Santa Catarina

Após o acidente, o motorista foi encaminhado para a Delegacia de Guaratuba, onde prestou as primeiras informações. Ainda no período da tarde de segunda-feira, a Delegacia de Delitos de Trânsito de Curitiba, a Dedetran, assumiu a investigação. Com o depoimento do motorista, a Dedetran iniciou as conversas com quem presenciou a viagem ou mesmo auxiliou nas buscas.

 

 


Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS