Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Brasil

PERFORMANCE

Damares convoca entrevista, fica em silêncio e depois explica o motivo. Veja!

segunda-feira, 25/11/2019, 20:21 - Atualizado em 25/11/2019, 20:30 - Autor: FOLHAPRESS


| Reprodução

Damares Alves convocou a imprensa para uma entrevista coletiva, mas surpreendeu ao permanecer em silêncio diante das perguntas dos jornalistas, e abandonar o local logo em seguida. Logo depois, a ministra da Família, Mulher e Direitos Humanos,  admitiu se tratar de uma encenação.

O episódio ocorreu na tarde desta segunda-feira (25) no Palácio do Planalto. No local, autoridades participaram em seguida de evento em razão do Dia Nacional de Enfrentamento da Violência contra a Mulher.


Damares chamou jornalistas às 15h e chegou ao local, no segundo andar do Planalto, com trinta minutos de atraso. Diante do primeiro comentário e das perguntas iniciais do jornalistas, deixou o local sem dar nenhuma declaração. Antes, fez um gesto de negação com a cabeça, ao movimentá-la de um lado para o outro, e levantou as mãos para o alto, aparentando estar emocionada e impedida de falar.

Uma hora depois a assessoria confirmou que se tratar de um encenação. Em seguida, participou de solenidade do Dia do Enfrentamento à Violência contra a Mulher, no Palácio do Planalto. Após a realização do evento, do qual participou o presidente Jair Bolsonaro, Damares disse que a simulação foi feita para mostrar como as mulheres são silenciadas.

As explicações foram dadas apenas após o fim da cerimônia, em que Damares prometeu ampliar o atendimento de mulheres vítimas de violência ao acrescentar às delegacias do país "salinhas pintadas de rosa".

Em entrevista coletiva, ela disse haver já orçamento previsto para a ação, mas não soube dizer o valor. Isso, segundo Damares, deve começar a ser feito a partir de janeiro de 2020.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS