Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

RETA FINAL

Remo quer vitória e liderança diante do Tombense-MG para embalar na fase final da Série C

quinta-feira, 01/08/2019, 08:01 - Atualizado em 01/08/2019, 08:49 - Autor: Matheus Miranda de Oliveira


Time azulino vai para o duelo com o clima mais leve após ter voltado a vencer e com dois novatos disponíveis para a escalação
Time azulino vai para o duelo com o clima mais leve após ter voltado a vencer e com dois novatos disponíveis para a escalação |

Na noite de hoje, o Clube do Remo fará a primeira das suas três partidas em casa - de um total de quatro jogos restantes -, pela reta final da fase classificatória da Série C. Assim, o fato de jogar em casa, com o apoio da torcida, é encarado como essencial para a equipe encaminhar o avanço de fase. Dessa maneira, às 20h, no estádio Mangueirão, em Belém, depois de duas rodadas longe de casa; diante do Tombense-MG, o Leão quer ratificar o momento favorável em busca de um novo triunfo, desta vez, para projeção do primeiro passo rumo ao mata-mata da competição.

Assista à Copa Sul-Americana, Série C do Brasileirão, Série A Italiana, Ligue 1 Francesa, WTA e muito mais. APROVEITE O LANÇAMENTO DO DAZN BRASIL!

Apesar de ser um dos melhores mandante do chaveamento, um triunfo no seu quintal será importante até para que o grupo possa voltar a ser imponente em seu próprio território. A última vitória azulina em casa ocorreu há quase dois meses, contra o Volta Redonda-RJ, no dia 8 de junho. Por isso, sem chance para o vacilo, como aconteceu das vezes passadas ao ter ficado apenas no empate, a comissão técnica deverá manter a base titular, bem como o estilo de jogo mais ofensivo, uma vez que o treinador Márcio Fernandes reiterou a necessidade do saldo de gols positivo nesse trajeto final do certame.

Atacantes são apresentados como reforços do Remo na Série C

Carlos Alberto está fora da temporada e segue precisando de doação de sangue

NETO BAIANO

Não por acaso, o comandante poderá lançar logo de cara a entrada do centroavante Neto Baiano na onzena principal. O jogador, que está regularizado, no entanto, acredita que a prioridade deve ser com os seus companheiros mais antigos, mesmo estando apto para jogo. “Se for a opção dele (Márcio) eu vou. Mas não acho correto chegar e jogar. Tem que ter o respeito, mas quem decide é o treinador. Se tivesse aqui e chegasse um jogador eu não iria querer que jogasse no meu lugar. Mas tem que entender que é o treinador quem manda. Se optar por mim, vou jogar”, adiantou o profissional.

Neto Baiano, aliás, foi apresentado ontem à tarde no Baenão e aproveitou para explicar a sua motivação para fechar com o Leão Azul, já que possui mercado devido a fama de goleador. “Primeiramente dispensa comentários falar do Remo, um clube conhecido no Brasil todo, de massa. Eu gosto de dificuldade, de cobrança. Eles cobram bastante e isso é legal. Se eu quisesse jogar em um time tranquilo ia pro São Caetano que não tem torcida”, destacou.

Com a possibilidade de entrar em capo nesta noite, seja como titular ou no desenvolvimento do confronto, Baiano reiterou que chega ao time para balançar a rede e, desse modo, voltar a sua melhor forma. “Eu vim fazer a minha história no Remo, senão eu não viria. A vida é de desafios, eu vim pra fazer gols. É a primeira vez na minha vida: 17 jogos e um gol. É triste, ruim, mas tem que entender que é hora de treinar mais, trabalhar mais. Mas isso não é normal, não... mas pode ficar tranquilo que aqui no Remo vou fazer gol”, prometeu.

O LADO DO ADVERSÁRIO DA NOITE

- Na beirada da zona de rebaixamento, na oitava colocação, uma posição apenas acima longe da área da degola, o Tombense-MG enfrenta o Remo, hoje à noite, na expectativa de quebrar a seca de cinco jogos seguidos sem vencer pela competição nacional. No entanto, embora considerado como azarão para o duelo, já que o adversário irá tentar a sua classificação à segunda fase dentro de casa, a equipe mineira lutará para sair de campo com os três pontos.

- “O Remo é uma equipe que se mostrou forte desde o início. Mas temos que confiar no nosso time, temos qualidade. Não é um bom momento, mas sabemos que no futebol as coisas podem ser definidas em detalhes”, disse o treinador Eugênio Souza.

 

 

Time azulino vai para o duelo com o clima mais leve após ter voltado a vencer e com dois novatos disponíveis para a escalação
Time azulino vai para o duelo com o clima mais leve após ter voltado a vencer e com dois novatos disponíveis para a escalação |
Time azulino vai para o duelo com o clima mais leve após ter voltado a vencer e com dois novatos disponíveis para a escalação |

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS