Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


23°
R$

Esporte / Esporte Brasil

Esporte Brasil

Paysandu é goleado dentro da Curuzu e acaba rebaixado para a Série C

sábado, 24/11/2018, 15:09 - Atualizado em 24/11/2018, 19:45 - Autor:


A torcida do Paysandu fez a parte dela e lotou a Curuzu, mas ao invés de ver o time guerreiro em campo acabou vendo a equipe bicolor caindo de forma vergonhosa diante do Atlético-GO, que venceu o jogo por 5 a 2, neste sábado (24) e amarga o rebaixamento para a Série C do Campeonato Brasileiro.


VEJA COMO FOI O JOGO


E MAIS: Após queda, bicolores tentam dar explicações a Fiel


A Fiel lotou a Curuzu e mais de 14 mil pessoas viram Mike abrir o placar aos 16 minutos do primeiro tempo após cobrança de escanteio e naquele momento, a Fiel viu o alívio chegando na Curuzu.


Mas o que estava alegre se transformou em tristeza e melancolia ainda no primeiro tempo. O Atlético-GO precisou do lateral Moraes, que marcou dois gols e colocou o time goiano ainda na primeira etapa, sendo o primeiro aos 26 e o segundo aos 43 minutos.


No inicio da etapa final, o Atlético-GO não perde tempo e marca o terceiro logo a um minuto de jogo: João Paulo balança a rede e deixa a Curuzu em silêncio.


O Paysandu ainda marcou o segundo gol com Thomaz, que entrou no intervalo e deu uma esperança a torcida bicolor, que viu o camisa 10 meter uma bola na trave.


Porém, a defesa bicolor voltou a falhar e o Atlético-GO aproveitou aos 22 minutos: André Luis marcou mais um para o Dragão e o gol mandou alguns torcedores do Paysandu deixarem a Curuzu antes dos 30 minutos.


Em ritmo de treino, a torcida do Paysandu viu o Atlético-GO treinar em campo diante do fragilizado time bicolor e aos 49 minutos, o Dragão decretou a queda do Paysandu através do atacante Julio Cezar, que fechou a goleada em 5 a 2.


Com o resultado, o Paysandu amarga o rebaixamento para a Série C em 2019 e com isso deixa o fim de ano da Fiel Bicolor triste e melancólico.


FICHA TÉCNICA


PAYSANDU: Renan Rocha; Maicon Silva (Lúcio Flávio), Fernando Timbó, Diego Ivo e Guilherme Santos; Renato Augusto, Nando Carandina (Matheus Silva) e Pedro Carmona; Hugo Almeida, Mike e Magno (Thomaz).


Técnico: João Brigatti


ATLÉTICO-GO: Klever; Jonathan, Oliveira, Gilvan e Moraes (Alisson); André Luis (William Alves), Pedro Bambu, Vitinho (Fernandes) e João Paulo; Júlio Cezar e Renato Kayser.


Técnico: Wagner Lopes


ÁRBITRO: Pericles Bassols (PE)


ASSISTENTES: Clovis Amaral (PE) e Marcelino Castro (PE)


CARTÕES AMARELOS: Diego Ivo (PSC); Jonathan e Renato Kayser (AGO)


RENDA: R$ 245.015,00


PÚBLICO PAGANTE: 11.379


PÚBLICO TOTAL: 14.717


LOCAL: estádio Leônidas Castro (Curuzu) / Belém (PA)


 


(Diego Beckman/DOL)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS