Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
31°
cotação atual R$

Concursos

Concursos

Uepa ainda não foi notificada sobre ação do MPE

quarta-feira, 27/11/2013, 19:46 - Atualizado em 02/12/2013, 18:44 - Autor:


A Universidade do Estado do Pará (Uepa), por meio de sua Procuradoria Jurídica, informou que ainda não foi notificada sobre a ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público do Estado do Pará (MPE), pedido a anulação dos concursos públicos da Polícia Civil C-169 e C-170, para os cargos de delegado, investigador, papiloscopista e escrivão.


A ação foi ajuizada pela 8ª promotora de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e da Moralidade Administrativa, Elaine Carvalho Castelo Branco, com pedido de liminar contra o Estado do Pará e a Universidade do Estado do Pará (Uepa Concursos).


"Até o momento não houve citação e nem intimação de nenhuma decisão liminar de ação civil pública referente ao concurso da Polícia Civil", disse a Uepa, organizadora do certame, em nota enviada ao DOL.


De acordo com o MPE, ação pede a anulação por terem sido constatadas “graves irregularidades no andamento da seleção”, como a não restrição ao uso de celulares com acesso à internet, à utilização de relógios digitais dentro da sala de realização das provas, além da ocorrência de conversas paralelas entre os candidatos, dentre outros pontos.


A Uepa informou ainda que só irá se manifestar quando houver o comunicado oficial pela Justiça. A reportagem também entrou em contato com a Secretaria de Estado de Administração, que enviou nota dizendo não haver liminar suspendendo o concurso. "Diante disso, o governo do Estado, por meio da Procuradoria Geral do Estado (PGE), da Secretaria de Estado de Administração (Sead) e da Universidade do Estado do Pará (Uepa), acompanhará o andamento da ação ajuizada pelo Ministério Público do Estado (MPE) no Tribunal de Justiça do Estado (TJE)", informou.


(DOL)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS