Notícias / Mundo

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Empresa aérea é processada por forçar jovem a jogar animal de estimação na privada

Sexta-Feira, 09/02/2018, 15:00:56 - Atualizado em 09/02/2018, 15:16:35 Ver comentário(s) A- A+

Empresa aérea é processada por forçar jovem a jogar animal de estimação na privada (Foto: Reprodução)
Belen alega que teria sido orientada a se livrar de seu animal de uma maneira bem grosseira (Foto: Reprodução)

A companhia aérea Spirits Airlines está sendo processada por uma estudante norte-americana após força-la a ter que jogar seu hamster na privada do aeroporto. Belen Aldecosea embarcaria em um voo de Baltimore para Chigago, porém, a companhia aérea proíbe o transporte de roedores.

A estudante disse que contatou a empresa, pelo menos duas vezes antes de viajar, para confirmar se podia levar o seu hamster, Pebbles. A companhia respondeu que não haveria problema nenhum. 

Quando chegou ao aeroporto, ela ficou sabendo que não poderia embarcar com seu pet e não teria com quem deixar o animal. Belen disse que foi orientada por um funcionário da companhia que se livrasse de Pebbles jogando-o na privada do banheiro do aeroporto.

A empresa negou as acusações e a recomendação dada à estudante, mas reconheceu a imprudência em não informar com antecedência à moça que roedores são proibidos.

(Com informações de Vírgula e Huffington Post)







Comentários