Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$
Viral

Internautas fazem vaquinha para guardador de carros que ajudou senhora a atravessar rua

quarta-feira, 10/04/2019, 23:20 - Atualizado em 11/04/2019, 08:04 - Autor:


O vídeo que mostra um homem ajudando uma senhora a atravessar uma rua alagada no Rio de Janeiro, colocando caixotes para ela não se molhar, viralizou nas redes sociais e gerou discussões. Para muitos, a mulher foi mal-agradecida em nem dizer um obrigado o ajudante. Outros viram racismo na cena. Houve ainda quem elogiasse o homem, por fazer o bem, mesmo sem esperar ajuda alguma. 


 



Com a repercussão, a aposentada que aparece nas imagens contou a versão dela do caso. Anuzia Corrêa, de 86 anos, disse ao site do portal carioca Extra que a ideia de formar uma ponte com caixotes para ela atravessar a rua sem se molhar partiu do homem. 


“Agradeci muito a ajuda dele. Dei R$ 4, queria dar mais. Nem o conhecia, mas ele foi o responsável por eu ter chegado em casa em paz”, disse. 


E homem também foi identificado. Ele se chama Varlei Rocha Alves, mas todos naquela área o chamam de Capoeira, um velho conhecido no bairro. 



O guardador de carros é um velho conhecido na área onde a cena foi gravada (Foto: Razões para Acreditar)


O site Razões para Acreditar conseguiu falar com ele, que contou que ajudou não somente  a senhora, mas outras pessoas a atravessarem a rua, inclusive levando gente nas costas. Ele também confirmou que a mulher o agradeceu muito pela ajuda, ao contrário do que parecia no vídeo. 


O guardador contou ainda que tem um filho de 10 anos, chamado Darlei, e que perdeu a mulher há alguns anos em um acidente, e desde então o filho vive com a irmã, em Pavuna. 


E que o maior sonho da vida dele é dar uma casa ao filho. Pois ele disse que está ficando velho, e gostaria de deixar algo pro menino. 


Por isso, o site também criou uma vaquinha online para ajudá-lo. Você também pode fazê-lo aqui no link


(DOL)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS