Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$
BARRACO NA ELITE

Briga entre "pessoas de berço" em restaurante chique viraliza na web 

A confusão começou porque o médico teve o atendimento negado

domingo, 27/09/2020, 21:38 - Atualizado em 27/09/2020, 21:47 - Autor: Com informações do Extra


Funcionários e clientes tentaram intervir
Funcionários e clientes tentaram intervir | Reprodução/Twitter

Uma confusão foi filmada no restaurante Gero, no bairro Jardim Paulista, em São Paulo, envolvendo o médico Carlos Iglesias, que é irmão do dono da rede de restaurantes Rubaiyat. Os dois estabelecimentos estão entre os considerados mais chiques de São Paulo.

O bate-boca começou quando o médico fez questão de ser atendido, mesmo informado de que a unidade estava prestes a fechar devido às novas regras de funcionamento na pandemia.

Barraco no Leblon: mulheres de biquíni em conversível brigam

Funcionários e clientes, que jantavam no local, tentaram intervir. A confusão durou alguns minutos e logo a gravação foi parar nas redes sociais.

Nos vídeos publicados, que o colunista Leo Dias, do Metrópoles, recebeu em primeira mão, Carlos Iglesias aparece dentro do restaurante discutindo com funcionários.

Nas imagens é possível ouvir clientes falando: "vá embora". Em outro momento do vídeo, o médico diz: "essa senhora desrespeitou a mim, e eu não admito isso". 

Ainda do lado de fora do restaurante, Iglesias informou que chamaria a polícia para prestar queixa e registrar um boletim de ocorrência. As pessoas do local tentavam acalmar ele.  O médico afirmava que um dos funcionário tinha o chutado. Nas gravações é possível ouvir ele dizer: "vamos resolver isso na polícia. Deixa a polícia vir que eu vou resolver isso com você, seu moleque. Você me insultou."

Em um outro vídeo, que também circula nas redes, Iglesias fala da confusão, mas diz que irá esperar por um pedido de desculpas dos envolvidos. Ele chega a afirmar que anotou a placa do carro de um dos homens que participou da discussão.

Em nota, o Grupo Rubaiyat disse lamentar o envolvimento de seu nome no caso e afirmou não comentar "sobre fatos ocorridos fora de nossas unidades, e esclarecemos que Carlos Iglesias não participa da gestão operacional dos restaurantes Rubaiyat. Portanto não temos informações do que de fato ocorreu e quais medidas serão tomadas pelas partes envolvidas".

O grupo Gero não se pronunciou sobre o caso.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS