Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$
NÃO PODE!

Funcionária se recusa a registrar bebê com o nome de "Lúcifer"

quinta-feira, 23/07/2020, 19:28 - Atualizado em 23/07/2020, 19:35 - Autor: Com informações do The Sun


 A funcionária alegou que o bebê "não teria sucesso na vida" se fosse batizado com esse nome.
A funcionária alegou que o bebê "não teria sucesso na vida" se fosse batizado com esse nome. | Onlyyouqj/Freepik

Um casal inglês encontrou dificuldades para registrar o nome do filho após decidir que ele se chamaria “Lúcifer”. O caso virou notícia no jornal The Sun, após a funcionária se recusar a registrar o menino com esse nome.

“A mulher nos olhou com total desgosto”, disse o pai da criança, que revelou que a funcionária teria explicado ao casal o motivo da recusa, como a dificuldade em conseguir um emprego ou a recusa dos professores em ensinar o menino na escola.

Os pais da criança fizeram uma queixa formal, questionando a forma como foram tratados. Eles afirmaram que a mulher disse até que o filho “não teria sucesso na vida” devido ao nome. “Ela ainda disse que era ilegal nomear uma criança assim na Nova Zelândia e que talvez pudéssemos dar outro nome, mas chamá-lo de Lúcifer em casa”, revelou a mulher.

VEJA TAMBÉM:

Para o Conselho do Condado de Derbyshire, onde foi feito o registro, os funcionários são orientados aconselhar em casos como esses. “Às vezes as pessoas não têm conhecimento de certos significados ou associações em torno de certos nomes”, explicou.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS