Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$
CLIMA PICANTE

Confira 8 curiosidades sobre a posição sexual "Espanhola"

quarta-feira, 13/05/2020, 14:28 - Atualizado em 13/05/2020, 13:28 - Autor: ( com informação da Pouca Vergonha )


| Foto: Reprodução

Em cada país pode ter um nome diferente, mas no Brasil conhece-se como "fazer uma espanhola" ou "espanholada" a masturbação realizada com os seios, uma das preliminares que costuma agradar homens heterossexuais pela visão dos seios femininos e o toque suave.

Fato é que essa posição pode ser super prazerosa para todos os envolvidos. Confira aqui algumas curiosidades dessa técnica sexual:

1 - Por que Espanhola?

Acredita-se que seja em referência ao esteriótipo criado sobre as bailarinas flamencas, dançarinas que muitas vezes utilizam, além de leques e castanholas, um decote que evidencia os seios.

2 – E na Espanha?

Ainda que no Brasil, Itália, Portugal e França seja apelidada de espanhola, na Espanha é chamada de “cubana”. O nome varia para outros países: na Argentina, ela é chamada de “turca”, no Reino Unido de “francesa”; e nos Países Baixos, de “russa”.

Além disso, algumas pessoas a chamam de “colar de pérolas”, por conta do sêmen que muitas vezes cai no pescoço da mulher quando o homem ejacula entre seus seios.

3 – Lubrificante OK

A experiência da espanhola pode ser mais prazerosa com o uso de lubrificantes, já que o pênis desliza com mais facilidade. Logo, vale investir!

4 – Peitos pequenos também podem

Ainda que a primeira imagem que venha à mente quando se fala em espanhola seja um par de seios grandes, eles não são obrigatórios para tentar. É só juntar bem os seios e apoiar o pênis com as mãos...

5 – Prazer para os dois

As pessoas tendem a pensar que só quem sente prazer com a espanholada é o homem. Contudo a técnica pode ser muito prazerosa para as mulheres também. Além da mama inteira ser erógena (não só os mamilos), o sexo é uma troca. 

6 – Fetiche?

Além de ser uma prática que qualquer casal pode tentar para inovar o repertório sexual, existem casos em que há fetiches específicos por trás da espanhola. Outra tara que, mesmo inconscientemente, pode estar relacionado à espanhola, é gostar de observar o próprio pênis durante o sexo.

7 – Bumbum, corre aqui

Se os seios da parceira forem muito pequenos, ou mesmo se o casal quiser inovar, também é possível fazer a espanhola entre as nádegas. Não se trata de uma penetração anal, mas sim de encaixar o pênis entre as duas nádegas, da mesma forma que se faz com os seios.

8 – Masturbador de seios

Para os homens que são fãs da espanhola, mas não têm uma parceira no momento, o mercado erótico oferece uma solução: masturbadores. Assim como existem opções que imitam bocas, ânus e vaginas, é possível encontrar brinquedos de silicone que representam seios. É só encaixar e ser feliz.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS