Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$
REPERCUTIU NAS REDES

Mulher do meme "3 reais" processa empresas por uso indevido de imagem

segunda-feira, 17/02/2020, 23:03 - Atualizado em 17/02/2020, 23:03 - Autor: Com informações do Extra


Meme viralizou nas redes sociais após virar piada no quadro "Isso a Globo não mostra" do programa Fantástico.
Meme viralizou nas redes sociais após virar piada no quadro "Isso a Globo não mostra" do programa Fantástico. | Reprodução/TV Globo

Mais de 50 empresas foram processadas pela artesã Raquel Motta por uso indevido de imagem com o meme dos “3 reais”, entre elas estão a rede de fast food Burger King e o aplicativo de delivery Rappi.

O meme surgiu após Raquel ter sido convidada para o programa “É de Casa”, da Rede Globo, em que ensina como fazer um produto de artesanato sustentável e barato.

No entanto, o conteúdo só bombou mesmo quando o Fantástico, no quadro “Isso a Globo não mostra”, fez a brincadeira que viralizou nas redes sociais.

Raquel contou que começou a ser marcada em inúmeras publicações na internet de pessoas indignadas com a exposição gratuita. “Entrei em contato com uma marca pedindo amigavelmente para retirarem do ar, mas eles falaram que se sentiam no direito de usar minha imagem, já que todo mundo estava usando”, disse em entrevista ao EXTRA.

Com uma advogada, mapeou 100 anúncios diferentes indevidos, tentou um acordo extrajudicial. Sem sucesso, decidiu abrir um processo na justiça contra 58 empresas. “É um absurdo o que fizeram. Minha imagem foi usada de drogaria até motel”, desabafou.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS