Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$
FOFURA DO DIA!

Conheça o 'laudrãozinho' da UFPA que tem como nome um palavrão e conquistou o coração dos alunos

sexta-feira, 18/10/2019, 13:02 - Atualizado em 18/10/2019, 13:00 - Autor: Andressa Ferreira/DOL


Laudrãozinho da UFPA é chamado de Bob, popularmente conhecido pelos alunos de "car@$%O".
Laudrãozinho da UFPA é chamado de Bob, popularmente conhecido pelos alunos de "[email protected]$%O". | Reprodução

"'Caral**' pega ele". Foi a partir daí que Bob passou a ser carinhosamente chamado pelos estudantes após "roubar" um sapato e sair correndo com ele na boca.

Vídeo: cachorro ladrão da UFPA ataca novamente e o pior acontece

Seis meses vivendo no campus da Universidade Federal do Pará (UFPA), o "laudrãozinho" caiu nas graças dos internautas e já conquistou o coração de muitos com seu jeito ousado e brincalhão.

Bob é um dos 200 animais atendidos pelo projeto "Peludinhos da UFPA", que acolhe animais em situação de risco que vivem na Universidade. 

Ver essa foto no Instagram

PARABÉNS UFPA @mpf_oficial @eliananuchoa @cdda.oabpa

Uma publicação compartilhada por Projeto Peludinhos da UFPA 🐾 (@projetopeludinhosufpa) em

"Essa visibilidade que o Bob ganhou é muito boa. Ele é um artista e entende tudo como uma brincadeira. Apesar de ser um cachorro adulto, ele tem um espírito jovem, é acessível, carinhoso", revela Elizabete Pires, coordenadora do projeto. 

Segundo Elizabete, não é a primeira vez que Bob 'troca' os estudantes da UFPA.

"Uma vez ele levou a carteira de uma pessoa que estava sentada na beira do rio e o vigilante foi atrás dele com a moto e devolveu para a pessoa. Outra vez, ele ia pegar um óculos dentro da minha bolsa, mas acabou pegando um copo de ração e saiu correndo. Ele também já pegou uma ata da reunião do centro acadêmico de direito. Ele apronta, tudo na brincadeira e as pessoas se divertem com ele", conta. 

 

MEDO

No entanto, a coordenadora do "Peludinhos da UFPA", teme pela vida do animal.

"O nosso medo é que as pessoas não entendam esse jeito brincalhão dele e o vejam como inconveniente. Infelizmente ainda há muitos casos de maus tratos e nós tememos a vida dele. Tem gente que não gosta. Então, quem se sentir incomodado, pode nos procurar pra ver o que podemos fazer. Somos os tutores legais desses animais, então, se for o caso, fazemos até a transferência deles, para evitar um problema, principalmente para o animal", explica Pires. 

Em contrapartida, o projeto conta com aqueles que amam os animais e já foram conquistados por Bob. 

"Contamos com a ajuda das pessoas que gostam dele. Ele é um moleque, brincalhão, é é um amor e uma diversão, desperta carinho e bem-estar nas pessoas e, isso é maravilhoso", diz Elizabete. 

PELUDINHOS DA UFPA

O projeto existe há mais de 20 anos, prestando r assistência a cães e gatos que circulam pelo campus da UFPA. Entre as atividades realizadas pelo projeto estão a arrecadação de ração, medicamentos, vacinas, castração e doação dos animais. 

"A nossa visão de projeto não é apenas a situação física e manutenção deles, mas também emocional. Estamos hoje, nos fortalecendo com a ajuda de vários órgãos, para que tenhamos oportunidade de dar qualidade de vida e saúde a eles com várias campanhas. Esperamos um dia dar um lugar melhor a eles, sem que haja problemas com humanos, sem riscos", explica. 

Ver essa foto no Instagram

Amigos, estamos com uma campanha de arrecadação de recursos para legalizar a Associação dos Amigos dos Peludinhos. Criar a Associação é uma demanda. Anteriormente tínhamos dinheiro em caixa, mas fomos soterrados por outras demandas e tivemos que priorizá-las por serem urgentes no bem estar dos animais. Em detalhes, usei o dinheiro que seria da regularização do projeto para pagar despesas com os internados, que foram: Malhadinha, Pretinha do portão 4, Diana (filhote), Maiara e Maraisa, e o Thor. Esses últimos, filhotes. Todos estavam com desidratação e diarreia com sangue e muco. Atualmente estamos com uma filhotinha de 1 kg internada e a Boneca (outra cadela) está colocando sangue pela boca. Amanhã vou tirar a filhotinha da clínica para internar a Boneca, que está mais grave. Além disso, preciso levar em frente a obra de reparos do abrigo porque doaram dinheiro especificamente para isso. Vale ressaltar que recebi uma doação que ajudou bastante, mas mesmo assim precisamos reaver este dinheiro para legalizar a Associação. Sábado, no bazar, arrecadei 190 reais. No próximo sábado irei para a feira da Pedreira vender roupas. Por fim, espero mais uma vez contar com o apoio daqueles que são sensíveis a causa animal. O site está na Bio https://www.vakinha.com.br/vaquinha/legalizacao-da-associacao-dos-amigos-dos-peludinhos

Uma publicação compartilhada por Projeto Peludinhos da UFPA 🐾 (@projetopeludinhosufpa) em

AJUDE!

Ficou interessado em ajudar o projeto e ou adotar algum 'Peludinho da UFPA" é só entrar em contato pelas redes sociais ou através do telefone (91) 99175-3009.

E você, já foi "vítima" desse "laudrãozinho"? Conta tua história pra gente!

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS