Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Tuédoidé? / Nonsense

Nonsense

Mulher grava homem se masturbando ao lado dela no avião. Veja o vídeo!

segunda-feira, 23/07/2018, 14:04 - Atualizado em 23/07/2018, 14:09 - Autor:


Uma mulher gravou um homem tocando em suas próprias genitálias, supostamente se masturbando, durante um voo para Chicago. Ao denunciar o caso aos comissários de bordo, ela alega que eles riram e fizeram piadas sobre o caso.


Genevieve Pascolla, 26, usou o Instagram para compartilhar um vídeo do incidente e a resposta que recebeu da United Airlines, depois de enviar uma queixa formal. Genevieve, que viajava de Heathrow, Londres, para Chicago, escreveu: "Nesse vôo, o homem ao meu lado começou a se masturbar. Eu acordei e vi ele se tocando debaixo de um cobertor”.


Acordei a mulher ao meu lado e saí de lá para avisar uma aeromoça. Os comissários checaram e confirmaram que ele estava se masturbando em público.


 'Eles então começaram a fazer piadas sobre a situação perguntando “qual perfume você está usando” e justificando o abusador como “ele tomou um pouco de vinho 'ninguém o parou’”. Ela continuou: “Ele teve permissão para terminar, com uma criança sentada perto dele”.


“Depois de sair do avião primeiro fui falar com a segurança, que me perguntou se eu gostaria de um pedido de desculpas do ofensor. Eu imediatamente rejeitei o pedido”.


Ela acrescentou: "A United Airlines demorou um mês e meio para responder à minha queixa. E recebi este e-mail hoje. Fico chocada com a falta de ação nessa situação em que, como mulher, fiquei apavorada. Este homem é claramente capaz de muito mais. Então mulheres e homens lá fora escolhem uma companhia aérea que se preocupa com sua segurança”, desabafou.


Woman says flight crew laughed at her when she complained about masturbating man


Genevieve, que trabalha como fotógrafa, disse que o incidente aconteceu quando ela estava viajando para casa, em Chicago, em 4 de junho


Em um e-mail para Genevieve, o diretor de atendimento ao cliente da United Airlines, Lauren Michaels, disse:" Sua observação é importante, pois nos ajuda a melhorar áreas que precisam de nossa atenção”.


"Infelizmente, não podemos honrar seu pedido de reembolso de sua viagem de Londres a Chicago ou oferecer uma compensação de boa vontade. Mais uma vez, peço desculpas pela situação desconfortável que você experimentou. Eu aprecio que você escolheu o United para a sua viagem. Esperamos que sua próxima viagem conosco seja uma experiência mais positiva”.


 Em uma declaração ao BuzzFeed News, a porta-voz da United Airlines Maddie King classificou o incidente como" inapropriado e ofensivo ", mas disse que incidentes como esses são" extremamente raros. Ela disse: "É por isso que, neste caso, nossos clientes foram rapidamente transferidos para assentos diferentes em uma seção diferente do avião e os policiais foram convocados com antecedência para atender o agressor quando o avião entrou no portão".


Assista ao vídeo:



(Com informações de Metro)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS