Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$

Tuédoidé? / Nonsense

DECIDIDOS

Família cristã recusa pagar impostos por ser 'contra a vontade de Deus'

quinta-feira, 18/07/2019, 23:20 - Atualizado em 18/07/2019, 23:20 - Autor: Redação


Os irmãos, que não pagavam impostos desde 2011, agora devem uma dívida milionária
Os irmãos, que não pagavam impostos desde 2011, agora devem uma dívida milionária | Reprodução

Rembertus Cornelis Beerepoot e Fanny Alida Beerepoot devem mais de 2 milhões de dólares australianos em dívidas com o fisco na Austrália. Eles estavam sem pagar impostos desde 2011 porque alegavam que o pagamento “iria contra a vontade de Deus”.

Agora, os irmãos tiveram a fazenda confiscada e vendida pelo município onde vivem, na Tasmânia. Apesar disso, durante discurso no tribunal, Fanny afirmou. “Nós não possuímos nada porque somos [de Deus]”.

Na última quarta-feira (17), eles realizaram a própria defesa durante audiência na Suprema Corte da Tasmânia. A dívida acumulada era de 930 mil dólares australianos em impostos e outros encargos em 2017.

“Transferir nossa lealdade de Deus para a Commonwealth (comunidade britânica) significaria se rebelar contra Deus e, portanto, quebrar o primeiro mandamento”, disse Rembertus, que defende que a lei do Divino é suprema e que fazer as pessoas pagarem impostos enfraquecia a dependência que elas têm de Deus.

Para o juiz Stephen Holt, que cuidou do caso, apesar de acreditar que as crenças da família são genuínas, não existiria nenhuma referência bíblica que sustente o argumento. “Na minha opinião, a Bíblia disse efetivamente que as questões civis e a lei de Deus operam em duas esferas diferentes”, avaliou.

Fanny terá de pagar 1,17 milhão de dólares australianos e Rembertus, 1,16 milhão para cobrir “imposto de renda, multas administrativas e encargos gerais de juros”.

(Com informações da BBC)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS