Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Tuédoidé? / Curiosidades

Curiosidades

Fotógrafo e sua esposa plantam 2 milhões de árvores em 20 anos para restaurar uma floresta destruída

quinta-feira, 25/04/2019, 21:40 - Atualizado em 25/04/2019, 21:40 - Autor:


Várias espécies de animais estão perdendo seus habitats todos os anos, as consequências do aquecimento global estão cada vez piores, e o desmatamento só tende a piorar a cada ano que passa.

O fato é que nós também podemos fazer a nossa parte para diminuir esse impacto, mas temos sempre o pensamento de que não vamos fazer a diferença. O fotógrafo Sebastião Salgado e a sua esposa conseguiram fazer algo de muito agradável para a natureza: plantaram diversas árvores e fizeram animais voltarem para seus habitats, restaurando uma floresta e servindo como inspiração para todos nós.

O renomado fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado e sua esposa Lélia Wanick Salgado decidiram mostrar que todos nós podemos fazer um gesto de bondade para a natureza, evitar o desmatamento e começar o processo de reflorestamento.

Sebastião Salgado já ganhou grandes prêmios em fotojornalismo e publicou vários livros. Nos anos 90, exausto fisicamente e emocionalmente após documentar a terrível barbárie do genocídio de Ruanda, voltou para o Brasil. Ele ficou chocado e devastado ao descobrir uma área era agora estéril e desprovida de vida selvagem, mas sua esposa Lélia acreditava que poderia fazer algo para restaurar essa área.

“A terra estava tão doente quanto eu – tudo foi destruído”, disse Salgado em uma entrevista. “Apenas cerca de 0,5% das terras estavam cobertas de árvores. Então minha esposa teve uma ideia fabulosa de replantar esta floresta. E quando começamos a fazer isso, todos os insetos, pássaros e peixes voltaram, graças a este aumento de árvores”.

Juntos, Sebastião e Lélia fundaram o Instituto Terra, uma pequena organização que desde então plantou 4 milhões de mudas e devolveu a vida a uma floresta.

A área que eles estavam cuidado floresceu notavelmente nos 20 anos seguintes. A vida selvagem voltou, e onde havia um silêncio mortal há agora o barulho de pássaros e insetos.

Ao todo, cerca de 172 espécies de aves retornaram, além de 33 espécies de mamíferos, 293 espécies de plantas, 15 espécies de répteis e 15 espécies de anfíbios, um ecossistema inteiro reconstruído a partir do zero.

O projeto chamou a atenção pela rapidez com que o ambiente pode se recuperar com as atitudes corretas.

“Precisamos ouvir as palavras das pessoas na Terra. A natureza é a terra e são outros seres, e se não tivermos algum tipo de retorno espiritual ao nosso planeta, temo que seremos comprometidos”, afirmou o fotógrafo.

Fonte: Bored Panda

Fonte: Tudo Interessante

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS