Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Tuédoidé? / Curiosidades

Curiosidades

Como lidar com a morte? Veja como outros países encaram o Dia de Finados

sexta-feira, 02/11/2018, 11:22 - Atualizado em 02/11/2018, 12:17 - Autor:


O "Dia de Finados" não é celebrado apenas no Brasil. A data é lembrada em diversos países, com datas e expressões distintas. No Japão, por exemplo, a data é chamada ‘Obon’ e é realizada só no meio do ano.




(Foto: Reprodução/Fotos Públicas)


Veja abaixo algumas curiosidades:


Japão


Chamado de “Obon”, o Dia de Finados dos japoneses é celebrado entre os meses julho e agosto, dependendo do calendário lunar. A tradição faz com que os ancestrais sejam reverenciados em danças e músicas. Além disso, os túmulos são limpos e lanternas são acesas para guiar os falecidos ao céu.


Espanha


O “Dia de Todos os Santos”, em primeiro de novembro, é celebrado para honrar santos e mártires na Espanha. Assim como no Brasil, as pessoas visitam os ente-queridos, levam flores e velas.


Guatemala


Enquanto isso, na Guatemala são exibidas imensas raias no dia 1º de novembro. Cada pipa representa a alma de uma pessoa morta. A bela homenagem é colorida e decora os céus, contrastando com o cenário, bem como as lápides.


Haiti


Por conta do Vodu, religião dominante do Haiti, vários rituais são realizados no Dia de Finados. Tambores são tocados ao longo da noite no intuito de que o Senhor dos Mortos, conhecido como “Baron”, acorde.


China


Assim como no Japão, a celebração do Dia de Finados é feita bem distante da data brasileira. A ida aos cemitérios é feita no dia 5 de abril. Os chineses fazem piqueniques no local com o único objetivo de celebrar a continuidade da vida após a morte.




(Foto: Fotos Públicas)


Coreia do Norte


E em um dos países mais fechados do mundo, temos a Coreia do Norte que celebra o Dia de Finados justamente no Dia de Ações de Graças. É nessa data que os mortos são lembrados. Os norte-coreanos oferecem alimentos e, assim como na China, também buscam celebrar a vida, agradecendo por tudo o que possuem.


El Salvador


No país vizinho, em El Salvador, é realizado um desfile chamado “La Calabiuza”. A marcha promovida pelos salvadorenhos consiste nos participantes incorporarem personagens do folclore do país que já morreram. Máscaras são usadas pelos jovens em referência a figuras indígenas.


Bolívia


A celebração é feita no dia 9 de novembro e todos agradecem pela proteção dos mortos. Presentes, como álcool e folhas de coca, são oferecidos. Os bolivianos também vestem as caveiras de seus parentes com roupas.


Peru


Assim como nos países acima, o Peru celebra a data no dia 1º de novembro. E, curiosamente, também é adepto de pintar os rostos de caveira. A data é festejada com uma saída às ruas de bicicleta em homenagem aos mortos.


(Com informações do Diário do Nordeste)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS