Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


24°
R$

Tuédoidé? / Curiosidades

Curiosidades

Homem passa metade da vida escrevendo do número 1 ao infinito

sexta-feira, 18/08/2017, 22:28 - Atualizado em 18/08/2017, 22:43 - Autor:


Em 1965, o polonês Roman Opalka teve uma ideia que para muitos parecia uma loucura. Mas ele não desistiu e conseguiu colocá-la em prática. Opalka começou a escrever no ano de 1965 o algarismo “1” em uma tela em branco e resolveu continuar a sequência até o final de sua vida.


No primeiro dia, ele parou no “400”. Pelos 46 anos seguintes, Opalka trabalhou naquilo que chamou de “imagem filosófica e espiritual da progressão do tempo, da vida e da morte”. Ele morreu às vésperas de completar 80 anos, tendo chegado à incrível marca numeral de “5.607.249”.



Obra de Opalka ultrapassa o limite do imaginável (reprodução)


Seria como escrever um número por segundo durante quase 65 dias sem parar! Claro que ele foi fazendo esse trabalho aos poucos, mexendo nele todos os dias. A obra final foi intitulada “1965/1-∞” e acabou antes do tempo, já que Opalka pretendia chegar ao menos até o “7.777.777” – um número com significado profundo tanto para a filosofia quanto para a religião.


(Com informações de Mega Curioso)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS