Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Tuédoidé? / Curiosidades

CALHAMBEQUE

Você sabia? Roberto Carlos tirou carteira de motorista em Belém 

quarta-feira, 25/09/2019, 21:13 - Atualizado em 25/09/2019, 21:45 - Autor: Igor Reis


| Reprodução

No dia 12 de maio de 1964 um jovem cantor procurava um “lambe lambe” – como eram chamados os pequenos lugares onde se faziam fotografias para documentos – no Complexo dos Mercedários, em Belém. A foto, que serviria para sua primeira habilitação de motorista, mostrava o futuro “Rei” da música brasileira: Roberto Carlos. Poucos sabem, mas Roberto Carlos tirou sua habilitação de motorista na capital paraense.

A curiosidade é lembrada até hoje pelo próprio Departamento de Trânsito do Pará (Detran-Pa), que mantém os dados e as fotos do cantor em seus arquivos no Memorial do Trânsito. As fotos foram feitas por Guilherme Gianino, e registraram parte da segunda passagem do Rei Roberto Carlos por Belém, em 1965, quando ele ainda estava no início de sua brilhante carreira. A cantora Wanderlea também aparece ao lado de Roberto.

reprodução
 

Nas imagens o rei aparece nas dependências da antiga Indústria de Cigarros Tabaqueira, que promoveu o show realizado no então Theatro São Cristóvão, em São Brás. Era dezembro e o clima de natal contagiava a capital paraense. Por ocasião da visita, o cantor recebeu de presente da indústria uma coleção de cachimbos artesanais.

Em 1964, Roberto Carlos também havia estado em Belém, onde fez um show, ocasião em que tirou sua primeira carta de motorista, como conta Guilherme Gianino.

“No dia 12 de maio de 1964 o cantor procurou a então Delegacia Estadual de Trânsito  para realizar os exames necessários e assim tirar o seu documento.  Nesse ano, o titular do órgão era o senhor Hermínio Calvinho, que solicitou ao Auxiliar de Divisão Célio Jorge Corrêa, para que atendesse  ao jovem artista. Roberto Carlos, após aprovação nos exames, recebeu a  CNH de número 30.510”, lembra.

Quando questionado como se sente ao relembrar do fato, o antigo funcionário Célio Jorge não consegue esconder a emoção. Ele lembra que Roberto Carlos lhe disse na época que tinha muita fé e convicção que seria um cantor de sucesso.  De acordo com Célio Jorge, naquele ano já dava para se fazer uma projeção do sucesso que o ” Rei” teria. ”Eu acreditava nele, na  potencialidade dele. Na época eu pertencia ao Trio Sayonara e nós cantávamos muitas músicas da Jovem Guarda, inclusive as dele”, disse.

reprodução
 

Roberto Carlos era apenas um artista que caminhava para a carreira de sucesso, conquistada curiosamente por uma canção relacionada com o trânsito: ”Parei na contra-mão”. Como muitos outros artistas, conquistava um público pequeno e tinha que visitar os colégios para  distribuir convites gratuitos para os estudantes e assim ter um bom  número de gente na plateia.

Para os curiosos e fãs aqui vão alguns dados fornecidos pelo cantor para o preenchimento de seu prontuário:

Nome: Roberto Carlos Braga

Natural: Espírito Santo

Data de Nascimento: 19/04/1941

Pai: Robertino Braga

Mãe: Laura Moreira Braga

Cor: branca

Cabelos: Castanhos

Carteira de Identidade: nº 287.634

Número da carteira de Habilitação recebida:30.510

reprodução
 

O curioso, é que no ato da retirada da sua habilitação, Roberto Carlos forneceu o seguinte endereço: Central Hotel – apartamento 303. Quem quiser ver de perto o prontuário do cantor Roberto Carlos, pode fazer  uma visita ao Memorial do Trânsito no Detran.

 

| Reprodução
| Reprodução
| Reprodução
| Reprodução

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS