Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$
DE ARREPIAR!

Imagem próxima de cemitério em Belém 'flagra cabeças' entre a cortina

"Foi que notamos essas duas cabeças", enfatiza a mulher, que é a única espírita da casa.

domingo, 28/02/2021, 11:11 - Atualizado em 28/02/2021, 11:10 - Autor: Diário Online


Mulher compartilha relato e mostra foto com "duas cabeças" entre a cortina de um prédio que fica localizado próximo a um cemitério de Belém.
Mulher compartilha relato e mostra foto com "duas cabeças" entre a cortina de um prédio que fica localizado próximo a um cemitério de Belém. | Reprodução

O que você faria ou como se sentiria se visse alo que lembra "dois rostos" entre a cortina atrás de você? Dá um cala frio e arrepio dos pés a cabeça só de imaginar, né? Uma imagem batida em um prédio próximo ao cemitério da Solenidade, no bairro Batista Campos, em Belém, está intrigando todo mundo!

A publicação foi compartilhada no Facebook do Belém de Arrepiar, junto com o suposto relato da mulher que aparece na foto "acompanhada".  

Segundo ela, a foto foi tirada em uma das vezes em que ela foi passar fim de ano no Brasil. No edifício, ela conta que estava acompanhada apenas da mãe e de uma irmã.

"Minha irmã e eu estávamos tirando foto enquanto minha mãe estava assistindo TV. Eu estava sentada em uma poltrona no meu quarto. Atrás de mim tem uma porta de vidro que dá para a sacada do apartamento", explica a mulher, dizendo que ela e a irmã só notaram algo estranho quando foram passar as fotos para o computador.

"Foi que notamos essas duas cabeças", enfatiza a mulher, acrescendo no relato que sua mãe é médium visual e já vivenciou uma experiência pra lá de assustadora. 

"Ela tem uma mediunidade fortíssima, mas como é católica, não aceita muito. A única espírita lá em casa sou eu. Uma vez, ela estava sozinha em casa, eu ainda morava no Brasil naquela época. Ela me disse que estava varrendo a sala e de repente começou a sentir uma tristeza muito forte, uma vontade de chorar, uma angústia dentro do peito, que ela mal podia respirar. Foi quando ela levantou a cabeça e viu uma moça morena a mais ou menos três metros de distância dela. Ela não conseguiu ver o rosto porque a mesma estava com a cabeça baixa e o cabelo bem negro escondia o rosto", relata a mulher.

No relato, ela continua dizendo que tudo o que a mãe estava sentindo vinha dessa moça. "Então, a minha mãe fechou os olhos e rezou para que essa moça fosse amparada. Quando minha mãe abriu os olhos, a moça tinha sumido e com ela todo aquele sentimento ruim. Pois é, meu caro. Há coisas que não dá para acreditar", finaliza ela. 

Veja os relatos:

E você, internauta, já vivenciou algo parecido? Conta aqui como foi a sua experiência!

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS