Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
23°
cotação atual R$
IMPRESSIONANTE

Vídeo simula impacto de asteroide de 500 Km contra a Terra; assista!

Um episódio destes decretaria o fim da vida na Terra, algo parecido como o que ocorreu com os dinossauros há 65 milhões de ano

segunda-feira, 08/02/2021, 16:22 - Atualizado em 08/02/2021, 16:25 - Autor: Com informações realidadesimulada.com


Um fenômeno que chega a ser impensável de tão desastroso
Um fenômeno que chega a ser impensável de tão desastroso | Reprodução

Um dos maiores temores da humanidade é que a Terra esteja em rota de colisão com algum asteroide gigante. Esse medo, no entanto, não é algo infundado: estes monstros existem mesmo no espaço e podem, sim, se chocar contra nós.

Segundo os especialistas, a história do nosso planeta é repleta desses impactos. Enquanto ainda estava em formação, a Terra era bombardeada com maior frequência, e acredita-se que a Lua tenha sido formada graças a um destes eventos.

De acordo com o Jet Propulsion Laboratory, da NASA, 556 asteroides pequenos cruzaram a atmosfera de 1994 até 2013.

A maioria deles se desintegra, mas alguns conseguem chegar até a superfície e provocar estragos, como o objeto que atingiu a cidade de Chelyabinsk, na Rússia, há dois anos.

Mas o que aconteceria com o nosso planeta se colidisse com um asteroide grande? O Discovery Channel fez uma simulação que dá uma resposta a esta dúvida.

VEJA TAMBÉM!

O vídeo mostra um asteroide com diâmetro de 500 quilômetros (quase a distância de São Paulo a Belo Horizonte) se chocando contra o Oceano Pacífico e produzindo ondas de choque que viajam em velocidades hipersônicas.

Um episódio destes decretaria o fim da vida na Terra. A força do impacto seria tamanha que romperia completamente a crosta terrestre da região, lançando os detritos ao espaço. Como se o cenário não fosse catastrófico o bastante, a destruição não para por aí: uma tempestade de fogo se espalharia pela atmosfera e vaporizaria qualquer forma de vida em seu caminho.

VEJA A SIMULAÇÃO NA ÍNTEGRA!

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS