Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$
HISTÓRIA INUSITADA

Motorista invade corrida de Interlagos por acidente. Veja o vídeo

O caso aconteceu no último dia 25 e viralizou na internet

sexta-feira, 06/11/2020, 18:44 - Atualizado em 06/11/2020, 18:43 - Autor: FOLHAPRESS


| Reprodução

Uma cena inusitada no Autódromo de Interlagos (zona sul de São Paulo) viralizou na internet. No meio da quarta etapa do Campeonato Paulista de Automobilismo, realizado no último dia 25, um carro de passeio aparece do nada no meio da pista principal.

A motorista era a publicitária Renata Monti, 29, que foi parar lá por engano. Ela encosta no acostamento e, poucos segundos depois, os carros de corrida passam por ela em alta velocidade.

À reportagem, Renata contou que tinha ido com o namorado acompanhar outro evento, em uma pista paralela do autódromo, o Corridas Proibidas. Trata-se de uma prova amadora de arrancadas com percurso de 200 metros.

Como o carro de um dos amigos quebrou e só havia duas mulheres participando do evento, ela decidiu participar. "Nunca tinha feito nada parecido", garantiu. "Nem de kart eu ando. O meu namorado e os amigos dele que gostam muito de carros."

A publicitária diz que disputou a prova normalmente. Apesar de ter saído na frente, seu adversário foi mais veloz e acabou vencendo. Contudo, depois da linha de chegada, ele diminuiu o ritmo, enquanto ela continuou acelerando. E foi aí que aconteceu a confusão.

Renata diz que, como estava na faixa da esquerda, entrou na primeira saída que viu desse lado da pista. Só que não era uma saída, mas uma via que conduzia diretamente à pista principal do autódromo, onde a outra competição, com carros bem mais velozes, estava acontecendo. "Não tinha nada sinalizando", afirmou. "Caí direto dentro da outra prova."

"Logo que eu entrei vi o acostamento verde percebi que era da pista oficial", contou. "Então já encostei. Vou ficar parada aqui até alguém me ver. E foi só parar que, em 2 segundos, os outros carros passaram voando."

Ela disse que logo em seguida viu uma bandeirinha do outro lado da pista e pediu ajuda. Em poucos minutos, foi levada aos boxes. "Foi só o tempo de passarem todos os carros", disse a publicitária, que entrou na frente do primeiro colocado na prova.

Apesar da falta de sinalização e de ter consciência de que poderia ter sofrido um acidente grave, ela fiz que está levando a situação na esportiva. Ela também tem se divertido com os memes a respeito da situação que começaram a pipocar na internet.

"Alguns são bem engraçados", afirmou. "Meus amigos têm me chamado de 'Herbie, Meu Fusquinha Turbinado'. Mas também tem uns totalmente desnecessários. Em pleno 2020 fazerem piadas machistas sobre mulheres dirigindo não dá."

Ela acredita, inclusive, que se o motorista fosse homem, a reação poderia ter sido diferente da dela. "Serviu para mostrar que a mulher é bem mais prudente no trânsito", sustentou. "Qualquer homem ali teria acelerado e poderia nem estar aqui para contar essa história."

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS