Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Notícias / Veículos

Veículos

Velocidade máxima do Bugatti Chiron é limitada pelos pneus

sexta-feira, 23/06/2017, 15:00 - Atualizado em 23/06/2017, 15:00 - Autor:


(divulgação/Bugatti)

A velocidade máxima declarada pela Bugatti para o Chiron é limitada a 420 km/h. Só que o CEO da marca, Wolfgang Durnheimer, já admitiu que o carro poderia atingir 468 km/h. E o próprio velocímetro do carro tem escala até os 500 km/h. Afinal, qual a velocidade máxima possível para o hipercarro de 1.500 cv e 163,1 mkgf de torque?

Segundo Andy Wallace, piloto de testes oficial da Bugatti – e que nos acompanhou em nossas Impressões ao Dirigir com o carro – o motivo para a limitação está nos pneus: os Michelin Pilot Sport Cup 2S desenvolvidos especialmente para o Chiron (nas medidas 285/30 R20 na frente e 355/25 R21 atrás) não suportariam tal esforço.

As rodas dianteiras são aro 20 e as traseiras 21

Jogo de pneus do Chiron custa US$ 42 mil dólares – mas para atingir os 450 km/h km/h, será necessário um novo tipo (Dominique Fraser/Quatro Rodas)

Atualmente, o Chiron só atinge os 420 km/h se o proprietário utilizar uma chave especial – sem esse dispositivo o carro vai a “apenas” 381 km/h. Para ultrapassar esse limite, Wallace revelou que a própria Michelin está desenvolvendo um jogo especial para suportar velocidades de até 450 km/h.

Se tudo der certo, os pneus já devem equipar o veículo a tempo da medição do recorde de velocidade máxima realizado pela Bugatti, que deve ocorrer em 2018.

Considerando que o Chiron tem potencial para beirar os 470 km/h, seria possível, então, fazê-lo atingir os 482 km/h (ou 300 milhas por hora)? Wallace afirma categoricamente que não, especialmente por conta das forças “devastadoras” aplicadas sobre o carro.


Arquivado em:Notícias Tagged: pneus, superesportivos

Fonte: Quatro Rodas Abril

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS