Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$

Notícias / Veículos

Veículos

CNH passa a ter código QR-Code para evitar falsificações

terça-feira, 09/05/2017, 15:25 - Atualizado em 09/05/2017, 15:25 - Autor:


Código será impresso no verso da CNH

Código será impresso no verso da CNH (divulgação/Internet)

A partir deste mês de maio, todos os brasileiros que adquirirem ou renovarem sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vão receber um novo recurso para garantir segurança contra fraudes: o QR-Code.

A novidade foi apresentada nesta terça-feira (9) pelo Ministério das Cidades juntamente com o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e o Serpro, empresa de TI do Governo Federal.

De acordo com o ministério, todos os dados do condutor contidos no código podem ser verificados e validados por meio de uma plataforma móvel integrada ao Registro Nacional de Condutores Habilitados (Renach). O QR-Code virá impresso no verso inferior da habilitação e pode ser lido por meio do aplicativo Lince (disponível para Android e iOS).

Na prática, com o código bidimensional qualquer cidadão vai poder validar as informações do motorista (inclusive a foto) usando apenas um smartphone. Segundo o Serpro, em breve, os dados sobre o veículo e as infrações cometidas pelo condutor também serão disponibilizados.

“A CNH é um dos principais documentos de identificação do cidadão, que chega a substituir até mesmo a identidade e o CPF”, informou, em nota, o diretor do Denatran, Elmer Vicenzi. “A tecnologia do QR-Code inserida na carteira de habilitação permite que todo cidadão possa verificar a validade do documento, inclusive estabelecimentos comerciais”.

O documento já havia sofrido alterações na virada de 2016 para 2017, incorporando novas marcas d’água e selos holográficos. A nova versão com QR-Code será distribuida para as novas habilitações e para as renovadas – as autoridades acreditam que em até 5 anos todos os documentos terão sido substituídos.


Arquivado em:Notícias Tagged: CNH, Legislação, Mobilidade

Fonte: Quatro Rodas Abril

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS