Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Notícias / Veículos

Veículos

Após acidente no WRC, Citroën é reconstruído em apenas três horas

segunda-feira, 01/05/2017, 17:25 - Atualizado em 01/05/2017, 17:25 - Autor:


Alta velocidade em estradas de terra sinuosas e cheias de altos e baixos. Uma competição de rali tem todos os ingredientes para que algo dê errado. E deu para o piloto inglês Kris Meeke, durante a etapa argentina do campeonato mundial de rali (WRC).

Foi durante a quarta etapa do rali da Argentina, na última sexta-feira, quando o carro de Meeke (então na 2ª posição no acumulado de tempos) rodou e capotou após bater em um buraco.

Sem frente e com a traseira toda amassada, o carro foi entregue aos mecânicos da equipe. Eles deveriam deixar o carro inteiro novamente. Conseguiram. O vídeo abaixo mostra o timelapse de todo o trabalho, que envolveu dezenas de pessoas e muitas peças sobressalentes.

Repare no vídeo como deu trabalho para os mecânicos deixar a tampa traseira e a coluna C alinhadas novamente. Além da força humana, foram usados alguns martelos e braços hidráulicos para fazer o serviço que em uma funilaria levaria muito mais tempo. 

O carro ficou quase como novo, mas não por muito tempo: na 14° etapa do rali o piloto Kris Meeke se acidentou novamente. O pobre C3 capotou nada menos que oito vezes e ficou todo destruído.

Dessa vez, não houve tempo hábil para fazer todos os reparos. 

Curiosamente, Meeke foi o mesmo piloto que protagonizou um episódio insólito dois meses atrás, durante o Rali do México, quando, após uma barbeirada, acabou invadindo a área do estacionamento dos espectadores – e mesmo assim, venceu a corrida!


Arquivado em:Notícias Tagged: acidente rali, rali, wrc

Fonte: Quatro Rodas Abril

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS