Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Notícias / Veículos

Veículos

Nova geração do Navigator quer resgatar imagem de luxo da Lincoln

quarta-feira, 12/04/2017, 18:00 - Atualizado em 12/04/2017, 18:00 - Autor:


A carroceria do Navigator é toda de alumínio, o que reduziu seu peso em quase 91 kg (Divulgação/Ford)

A General Motors trabalha para deixar a Cadillac no nível de BMW e Mercedes – inclusive na Europa. Para não ficar para trás, a Ford quer recuperar o prestígio da Lincoln de outrora com a nova geração do Navigator, sua principal atração no Salão do Automóvel de Nova York.

Portas asa de gaivota, assentos individuais e o closet que ocupava o porta-malas, vistos no conceito que antecipou o modelo, não foram aproveitados. Mas as linhas externas do carro de produção são bastante fieis ao protótipo: até as rodas, com raios que lembram as pás de uma turbina de avião.

Lanternas traseiras interligadas são tradicionais nos Lincoln (Divulgação/Ford)

A nova carroceria é de alumínio, o que reduziu o peso do Lincoln Navigator em quase 91 kg. É um alívio para o conjunto mecânico, que a Lincoln se limitou a dizer ser um V6 3.5 biturbo com potência ao redor dos 450 cv combinado a um câmbio automático de 10 marchas.

Nova geração do Navigator terá motor V6 biturbo (Divulgação/Ford)

O interior mostra a clara intenção da Lincoln de elevar o padrão do Navigator. O painel foi dividido em dois níveis, com o quadro de instrumentos digital na parte superior e a tela da central multimídia Sync 3, com Apple CarPlay e Android Auto, pivotada na parte de baixo, onde também estão as saídas de ar.

Painel é divido em dois andares e o quadro de instrumentos é digital (Divulgação/Ford)

O câmbio é comandado pelos botões logo abaixo – não há alavanca nem comando giratório para isso. Comandos do sistema de som e do rádio estão localizados no console central, separado do painel.

A alavanca de câmbio foi substituída por botões bem discretos (Divulgação/Ford)

O console central é tão amplo que abriga descansa-braços individuais. Logo à frente deles, os porta-objetos podem carregar smartphones através de indução de eletricidade, sem fios.

Acabamento do interior exibe nível digno dos SUVs premium europeus (Divulgação/Ford)

Quem quiser, poderá pagar pelo serviço que a Lincoln chama de Black Label. Além de garantir acabamento mais refinado ao SUV, nos temas Yacht Club, Chalet e Destination, também inclui serviços personalizados de concierge, lavagens gratuitas do veículo, um serviço de car detailing grátis por ano e plano de revisões premium de quatro anos.

Por padrão, o Lincoln Navigator tem três fileiras de assentos – as três com ajustes elétricos! Os dianteiros têm aquecimento e resfriamento, e a climatização pode ser ajustada de 30 maneiras diferentes. Opcionalmente, duas telas de 10 polegadas podem ser instaladas para entretenimento dos ocupantes de trás.

A segunda fileira tem bancos independentes (Divulgação/Ford)

Outro opcional é sistema de som premium Revel Ultima com 20 alto-falantes. O hotspot WiFi do modelo permite a conexão de até 10 dispositivos simultâneos e há diversas saídas USB para que todos possam recarregar seus dispositivos móveis.

Em nova geração, Lincoln Navigator quer resgatar a imagem de luxo da marcha (Divulgação/Ford)

A lista de equipamentos também inclui sistema de assistência a trailer, visão 360°, piloto automático adaptativo, quatro tomadas 12v e uma tomada de 110 V. O head-up display, que projeta no para-brisa informações do quadro de instrumentos, será oferecido como opcional.


Arquivado em:Notícias Tagged: Lançamentos, SUVs de luxo

Fonte: Quatro Rodas Abril

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS