Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$

Notícias / Veículos

Veículos

Uma das 500 unidades da LaFerrari será destruída na África do Sul

segunda-feira, 03/04/2017, 20:25 - Atualizado em 03/04/2017, 20:25 - Autor:


(reprodução/Internet)

Importar um veículo por conta própria não é complicado apenas no Brasil. O governo da África do Sul também cobra vários impostos e taxas para permitir que o carro rode legalmente no país. Caso algo não seja feito dentro da lei, o dono corre o risco de ter seu automóvel sumariamente destruído.

Se a sentença parece cruel demais, imagine só quando o carro em questão é uma raríssima LaFerrari, que teve apenas 500 unidades produzidas. Adquirida por um milionário do Congo, a Ferrari estava guardada dentro de um galpão desde 2014 antes de deixar o local em fevereiro rumo ao país vizinho, sem pagar qualquer taxa ao governo sul-africano. As informações foram divulgadas pelo site Fin24.

(reprodução/Internet)

Provavelmente o plano teria dado certo, mas o milionário teve a brilhante ideia de voltar com seu “brinquedo” à África do Sul por um único dia. Foi o suficiente para as autoridades locais localizarem e apreenderem o veículo.

Além do processo de importação obscuro, há outro agravante: a África do Sul proíbe a regularização de veículos com volante do lado esquerdo – como ex-colônia britânica, por lá os motoristas dirigem do lado direito. Como as chances de a situação do carro ser legalizada são ínfimas, é provável que a desafortunada LaFerrari seja simplesmente destruída.


Arquivado em:Notícias Tagged: Curiosidades, supercarros, superesportivos

Fonte: Quatro Rodas Abril

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS