Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$

Notícias / Veículos

Veículos

Huracán Performante: o novo quebrador de recordes da Lamborghini

terça-feira, 07/03/2017, 18:50 - Atualizado em 07/03/2017, 18:50 - Autor:


Huracán Performante é o primeiro Lambo com aerodinâmica ativa (divulgação)

A Lamborghini revelou hoje no Salão de Genebra todos os detalhes de seu mais novo modelo, o Huracán Performante. Apesar de ter origem no carro que hoje ocupa o posto de entrada na linhagem de Sant`Agata Bolognese, o Perfomante tem credenciais dinâmicas que o colocam um nível acima de qualquer outro Lambo feito até hoje – com direito a quebra de recorde em Nürburgring.

O motor V10 de 5,2 litros naturalmente aspirado é conceitualmente o mesmo do restante da linha, mas com modificações nos coletores e no sistema de exaustão e novas válvulas de titânio. Ele agora entrega 640 cv e torque máximo de 61,2 mkgf, ou 31 cv e 4 mkgf a mais em relação ao LP610-4.

Segundo a Lambo, o Perfomante acelera de 0 a 100 km/h em 2,9 segundos e de 0 a 200 km/h em 8,9 segundos (0,3 s e 1 s mais rápido, respectivamente). A velocidade máxima é a mesma: 325 km/h.

Motor 5.2 V10 aspirado ganhou 30 cavalos (divulgação/Quatro Rodas)

Menos de 9 segundos são suficientes para levá-lo aos 200 km/h

Menos de 9 segundos são suficientes para levá-lo aos 200 km/h (divulgação/Quatro Rodas)

Os números de potência e torque, porém, são os menos importantes entre as novidades do Performante. A começar pelo peso, reduzido em 40 quilos (agora são 1.382 kg, bem pouco para um superesportivo) graças ao uso de um novo tipo de composto de fibra de carbono patenteado pela marca.

Este material foi empregado em todos os novos apêndices aerodinâmicos, incluindo spoilers dianteiro e traseiro, capô, difusor traseiro, entradas de ar e flaps. Alguns desses componentes são ativos (móveis), formando o chamado Aerodinamica Lamborghini Attiva.

As duas entradas de ar na parte inferior do para-choque são controladas ativamente (divulgação/Quatro Rodas)

Asa traseira pode ter o fluxo de ar modificado para priorizar a aerodinâmica ou o downforce (divulgação/Quatro Rodas)

O tal sistema aerodinâmico comanda as novas entradas de ar no para-choques e os flaps (defletores) que podem interferir no fluxo de ar para o aerofólio traseiro, priorizando a redução de arrasto ou o aumento no downforce.

Segundo a Lamborghini, graças a isso a asa traseira melhora a estabilidade em curvas e pode aumentar a capacidade de frenagem em impressionantes 750%.

Suspensão enrijecida pode ter amortecedores magnéticos

Suspensão enrijecida pode ter amortecedores magnéticos

Além disso, a suspensão está 10% mais rígida, os amortecedores podem ser do tipo Magnetic Ride, a direção elétrica foi recalibrada e tanto a tração integral quanto o controle de estabilidade foram recalibrados de forma a melhorar a estabilidade em todas as situações.

O estilo presta homenagem aos 30 anos da Diablo com uma pintura especial alaranjada. A cabine traz um acabamento especial em detalhes como as saídas de ar-condicionado, borboletas para trocas de marcha, maçanetas e console central. O revestimento é de Alcantara nos bancos do tipo concha, sendo que o veículo pode ser inteiramente personalizado por meio do programa Ad Personam.

Cabine tem revestimento de Alcantara por todos os lados (divulgação/Quatro Rodas)

O Huracán Performante já havia sido antecipado na semana passada, com direito a uma polêmica envolvendo a quebra do recorde para carros de produção em Nürburgring. O novo Lambo teria cravado o tempo de 6min52s01, mais de cinco segundos abaixo da marca do Porsche 918 Spyder.

Na internet, porém, já pipocam análises e teoricas que colocam em dúvida a validade do recorde – o Huracán teria peso aliviado, estruturas internas diferentes e pneus do tipo slick (com ranhuras apenas cosméticas) feitos exclusivamente para a tentativa .

De qualquer maneira, este é provavelmente o mais entusiasmante Lamborghini já feito para se arrepiar em circuitos e track days. As primeiras entregas serão realizadas ainda neste ano. O preço sugerido é de US$ 274.390 nos Estados Unidos e 195.040 euros no mercado europeu.


Arquivado em:Notícias Tagged: genebra, Lançamentos, supercarros, superesportivos

Fonte: Quatro Rodas Abril

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS