Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Notícias / Veículos

Veículos

Motociclista pode ser vítima da perda de audição

sexta-feira, 09/10/2015, 13:43 - Atualizado em 09/10/2015, 13:43 - Autor:


O mundo está mais barulhento e nossa audição não está preparada para os ruídos causados pelas máquinas criadas pelo homem. Estima-se que 10% da população mundial têm alguma perda auditiva, sendo que grande parte danificou sua audição por exposição excessiva a sons que poderiam ter sido evitados. Não é a toa que a Organização Mundial da Saúde já considera a poluição sonora o 3º maior problema ambiental mundial.


E o trânsito urbano é um que está pondo em xeque a saúde de motoristas e, principalmente, de motociclistas. Estudo do Instituto Nacional de Surdez e Outras Doenças de Comunicação, dos EUA, mostra que uma moto emite ruídos em torno de 95 decibéis (acima do recomendado) e que a exposição prolongada pode causar no piloto a Perda Auditiva Induzida por Ruído, doença que ocupa o 2º lugar entre as mais frequentes do aparelho auditivo e entre as doenças ocupacionais que mais afetam os trabalhadores. E tudo pode ficar pior ao se alterar o escapamento, para eleva a altura do som.


Além da perda auditiva, a poluição sonora causa insônia, estresse, dor de cabeça, depressão, agressividade, aumento da pressão arterial, cansaço, gastrite/úlcera e perda da audição, atenção, concentração e memória, além de queda de rendimento escolar e no trabalho.


Sem falar no zumbido, sensação de chiado ou apito constante, reflexo de muito tempo de exposição a determinado ruído. É muito comum ficar com essa sensação após exposição prolongada em ambientes ruidosos, porque o volume máximo suportado pelo ouvido normalmente estava muito abaixo daquele ao qual o indivíduo estava exposto.


Vale lembrar que a perda auditiva é gradativa. Por isso, se você anda com dificuldade para entender o que as pessoas falam, pede com frequência para repetir o que foi dito ou costuma ouvir TV com o volume muito alto, é hora de procurar um médico.


O site www.ouvirfazbem.com.br foi criado para reduzir o preconceito e a desinformação sobre deficiência auditiva, trazendo conteúdo sobre a audição e a importância de ouvir, incluindo depoimentos de superação de portadores de deficiência auditiva e seus familiares.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS