Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Notícias / Veículos

Veículos

Cresce a procura de jovens por blindagem

quinta-feira, 24/09/2015, 14:23 - Atualizado em 24/09/2015, 14:23 - Autor:


O crescimento da violência urbana tem feito com que a blindagem automotiva – serviço tradicionalmente buscado por executivos quarentões e cinqüentões – também passasse a ser cada vez mais procurada pelos jovens no país.


Segundo a Associação Brasileira de Blindagem (Abrablin), em 2011, cerca de 12% dos homens e 14% das mulheres que recorreram a esse tipo de proteção tinham entre 18 e 29 anos. Ano passado, a participação dessa faixa etária subiu para 18% e 21%, respectivamente.


A sensação de insegurança é crescente e a procura dos jovens pela blindagem acompanha esse medo em proporção semelhante a busca de proteção por parte de seus pais.


O perfil desse público é formado não só por jovens executivos como também por estudantes de renomadas universidades, amedrontados com a criminalidade crescente inclusive dentro das instituições de ensino.


Diferentemente do que normalmente acontece com executivos, clientes tradicionais que blindam modelos mais luxuosos, os veículos trazidos pelos jovens em busca da segurança são de versão intermediária. Geralmente são carros como o Toyota Corolla, VW Tiguan e o Mitsubishi ASX, de menor valor comparado aos tradicionais do segmento premium.


Além do carro zero blindado, há também o crescimento da procura pela blindagem em veículos seminovos, de valor mais acessível e com a mesma eficácia de proteção.


Os jovens são as maiores vítimas das mortes por armas de fogo no Brasil. De acordo com levantamento do Mapa da Violência, do total de óbitos ocorridos por ano, 59% são de pessoas entre 15 e 29 anos. Os dados fazem parte do estudo “Mortes Matadas por Armas de Fogo”, divulgado pela Unesco.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS