Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


32°
R$
Tech

Contatinhos indesejados? Veja como se livrar dos ‘malas’ do WhatsApp

sexta-feira, 08/02/2019, 09:43 - Atualizado em 08/02/2019, 11:19 - Autor:


O WhatsApp é o aplicativo de mensagem mais popular no mundo inteiro. Seja por mensagem de texto, chamada de vídeo ou áudio, ele facilita a comunicação entre as pessoas.



No entanto, há algumas pessoas que abusam e acabam se tornando inconvenientes. Quer se livrar desses “malas”? Veja as dicas:


DESATIVAR “VISTO POR ÚLTIMO”


Não quer ninguém xeretando ou reclamando que você está demorando para responder? Uma opção é desativar o “visto por último”. Dessa forma, nenhum contato saberá qual foi o último horário que você esteve online.



Vá nos três pontinhos no canto superior direito, depois em Configurações, seguido de Conta e Privacidade, clique em Visto por último e selecione a opção Ninguém.



SILENCIE CONTATOS E GRUPOS


Não quer ficar recebendo notificação de contatos inconvenientes e mensagens de grupos? Dá para silenciar e mesmo assim, a mensagem continuará sendo entregue, porém você não será avisado sobre ela. Há também a opção de selecionar vários contatos de uma única vez.



Na tela principal, mantenha um contato pressionado para selecioná-lo, depois toque nos outros contatos desejados, clique em ícone de sem som na parte superior da tela, escolha entre “8 horas”, “1 semana” e “1 ano” e por fim, em “OK”.



SAIA DE GRUPOS


Foi adicionado em vários grupos dos quais não quer participar? Você pode sair deles de uma só vez.



Vá na tela principal, mantenha um grupo pressionado para selecioná-lo, depois toque nos outros grupos desejados, clique nos três pontinhos no canto superior direito, vá em “sair dos grupos” e depois “sair”.



BLOQUEANDO CONTATO


Tem um contato que continua te incomodando? A última opção é bloqueá-lo.



Entre na conversa do conato que deseja bloquear, clique nos três pontinhos no cantor superior direito, vá em “mais”, “bloquear” e “bloquear”.



(Com informações do UOL)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS