Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
PROGRESSO

Frota com mais de mil satélites deverá dar internet rápida a todo planeta

quarta-feira, 18/09/2019, 16:23 - Atualizado em 18/09/2019, 16:48 - Autor: Tomas Tavares


O satélite britânico  fornecedor de internet OneWeb
O satélite britânico fornecedor de internet OneWeb | BBC

Após o último encontro entre os líderes da Rússia e China, Vladimir Putin e Xi Jinping, respectivamente, no domingo (15), foi anunciado um projeto conjunto entre as duas nações para criar uma frota de satélites que deverá fornecer internet rápida a todo planeta.

A notícia foi dada pelo vice-premiê russo, Maskim Akimov, durante fala com os jornalistas. As informações são da agência Sputnik Brasil.

"Em outras áreas, temos cooperação no espaço e no setor nuclear. Na nossa agenda espacial a cooperação já foi ratificada por ambos os lados e já entrou em vigor. Neste ano iremos assinar um acordo detalhado sobre os locais de posicionamento das estações do GLONASS [Sistema Global de Navegação via Satélite] e do [sistema análogo chinês] Baidu", explicou Akimov.

As plataformas de satélite devem ficar em órbita terrestre baixa. O objetivo é fornecer uma internet rápida e de qualidade em todos os lugares do mundo.

"Nós temos um projeto interessante para uma frota de satélites em órbita terrestre baixa para a distribuição de Internet rápida. O desenvolvimento do projeto já teve início", acrescentou o vice-premiê.

Em 2018, segundo a Sputnik, a China propôs à Corporação Estatal de Atividades Espaciais da Rússia (Roscosmos) a produção e satélites de distribuição de internet, semelhantes ao britânico OneWeb e o americano Starlink.

Simultaneamente, o país asiático planeja colocar em órbita uma frota de satélites com mais de mil plataformas espaciais. Os chineses teriam convidados os russos para participar do projeto em 50% do desenvolvimento tecnológico e das despesas.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS